M. Night Shyamalan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
M. Night Shyamalan
M. Night Shyamalan (2008)
Nome completo Manoj Nelliattu Shyamalan
Nascimento 6 de agosto de 1970 (43 anos)
Mahé, Kerala
 Índia
Ocupação Cineasta, ator, produtor
Página oficial

Manoj Nelliattu Shyamalan, conhecido profissionalmente como M. Night Shyamalan (Mahé, 6 de agosto de 1970) é um cineasta indiano, naturalizado estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Manoj Nelliyattu Shyamalan nasceu na Índia em 1970, mas foi morar ainda na sua infância na Filadélfia, nos Estados Unidos. Filho de médicos, demonstrou paixão pelo cinema desde que ganhou uma câmera quando tinha oito anos de idade. Seu grande ídolo sempre foi Steven Spielberg.[1]

Na época em que freqüentou a Universidade de Nova Iorque, Shyamalan resolveu alterar seu sobrenome do meio para Night, passando a assinar desse modo ao invés de Nelliyattu.

Apesar de ter nascido na Índia, cresceu no subúrbio de Filadélfia, onde rodou todos seus filmes (menos Praying with Anger). Durante a adolescência fazia filmes caseiros, fato que prenunciou sua brilhante vida de cineasta. Desde seu filme Olhos Abertos, de 1998, sempre aparece atuando em seus filmes.

Em 2009, Shyamalan lançou oficialmente seu site pessoal, assim como seus filmes o site é completamente fora dos padrões normais. No site a pessoa será acompanhada por um corvo enquanto entra em uma estranha casa abandonada. O interessante do site é tentar descobrir aonde achar cada local que mostra detalhes dos seus filmes.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título original Título em português
1992 Praying with Anger
1998 Wide Awake br: Olhos Abertos
1999 The Sixth Sense br: O Sexto Sentido
2000 Unbreakable br: Corpo Fechado
2002 Signs br: Sinais
2004 The Village br: A Vila
2006 Lady in the Water br: A Dama na Água
2008 The Happening br: Fim dos Tempos
2010 The Last Airbender br: O Último Mestre do Ar
2010 Devil (filme) br: Demônio
2013 After Earth br: Depois da Terra

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

M. Night Shyamalan (2006)
Oscar
  • 2000 - Indicado Melhor Diretor, por O Sexto Sentido.
  • 2000 - Indicado Melhor Roteiro Original, por O Sexto Sentido.
Globo de Ouro
  • 2000 - Indicado Melhor Roteiro, por O Sexto Sentido.
Golden Satellite Awards
  • 2000 - Prêmio Satélite de Ouro de Melhor Roteiro Original, por O Sexto Sentido.
BAFTA
  • 2000 - Indicado Melhor Roteiro Original, por O Sexto Sentido.
  • 2000 - Indicado Melhor Diretor ao Prêmio David Lean, por O Sexto Sentido.
Annie Awards
  • 2000 - Indicado Melhor Roteirista, por O Pequeno Stuart Little.
Palm Springs International Film Festival
  • 2000 - Prêmio Visionary Award.
Razzie Awards
  • Pior diretor A Dama na Água (2007) - Vencedor
  • Pior filme A Dama na Água (2007) - Indicado
  • Pior roteiro A Dama na Água (2007) - Indicado
  • Pior filme Fim dos Tempos (2009) - Indicado
  • Pior roteiro Fim dos Tempos (2009) - Indicado
  • Pior diretor Fim dos Tempos (2009) - Indicado

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
Assinatura de Shyamalan
  • Os filmes de Shyamalan sempre têm uma espécie de reviravolta surpreendente no final. A maior delas pertence a O Sexto Sentido, mas as revelações finais de Corpo Fechado e A Vila são também muito intensas.
  • A fé e religião são temas recorrentes no trabalho do diretor. Isso fica evidente em Praying with Anger, Olhos Abertos, O Sexto Sentido e Sinais.
  • Outro tema recorrente de seus filmes são pessoas comuns vivendo situações extraordinárias. Bruce Willis em O Sexto Sentido e Corpo Fechado e Mel Gibson em Sinais são exemplos disso.
  • M.Night Shyamalan imita um de seus outros diretores favoritos, Hitchcock, fazendo aparições em seus filmes. Porém, ao contrário do lendário Hitchcock, ele não apenas serve de figurante em segundo plano, como atua em pequenos papéis coadjuvantes, como o de médico em O Sexto Sentido; o de traficante em Corpo Fechado; e do homem que atropelou a esposa de Gibson em Sinais.E o guarda que está lendo um jornal no final de A Vila; Também é o escolhido da sereia em "A dama na água". Pode-se notar que as suas aparições são cada vez maiores nos seus filmes.
  • Shyamalan tem uma maneira peculiar de trabalhar os enredos. Aproxima temas fantásticos ao mundo real, no estilo "como seria, se isso realmente acontecesse?". Filmes que normalmente usariam de muitos efeitos especiais, Shyamalan os torna dramas reais de alto nível, onde se valoriza mais a estória e a interpretação dos atores, do que a pirotecnia. Sexto Sentido é a sua maneira de ver o tema trabalhado em O Grito e O Chamado. A Dama na Água é a sua maneira de ver o tema trabalhado em O Senhor de Anéis e Narnia. Fim dos Tempos é a sua maneira de ver filmes catástrofes como em 2012, Impacto Profundo e o Dia Depois de Amanhã. Sinais é a sua maneira de ver ficção científica como em Independence Day ou Guerra dos Mundos. Em Corpo Fechado ele dá a sua visão de uma estória de super-heróis no mundo real. É a sua versão de Batman, Superman e Homem Aranha. Em A Vila ele dá a sua versão de filmes de monstros como em o O Lobisomem, Grito de Horror e outros.
  • Pelos seu trabalho em O Sexto Sentido, Corpo Fechado e Sinais, recebeu, respectivamente 3, 10 e 12,5 milhões de dólares.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre M. Night Shyamalan