MILF Island

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"MILF Island"
11º episódio da 2ª temporada de 30 Rock
Informação geral
Escrito por: Tina Fey
Matt Hubbard
História Kay Cannon
Tami Sagher
Produzido por: Matt Hubbard
Jerry Kupfer
Jeff Richmond
Don Scardino
Direcção Kevin Rodney Sullivan
Dire(c)tor de fotografia Vanja Černju
Edição Alex Minnick
Meg Reticker
Código de produção 211
Exibição original Estados Unidos 10 de Abril de 2008
Convidados
Episódios da 2ª temporada
Cronologia
Último
Último
"Episódio 210"
"Subway Hero"
Próximo
Próximo
30 Rock (2ª temporada)
Lista de episódios

"MILF Island" é o décimo primeiro episódio da segunda temporada da série de televisão de comédia de situação norte-americana 30 Rock, e o trigésimo segundo da série em geral.[1] O seu argumento foi escrito pela criadora, produtora executiva e actriz principal Tina Fey, e pelo produtor Matt Hubbard, e foi dirigido por Kevin Rodney Sullivan.[2] A sua transmissão nos Estados Unidos ocorreu na noite de 10 de Abril de 2008 através da rede de televisão National Broadcasting Company (NBC).[1] Dentre os artistas convidados para este episódio, estão inclusos Katrina Bowden, Keith Powell, Lonny Ross, Maulik Pancholy, John Lutz, Rob Huebel, Timothy Adams, Pierra Francesca, Deidre Goodwin e Christina Ianelli.

No episódio, um membro anónimo do programa de televisão de comédia fictício The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS) disse a um jornalista do The New York Post que Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) é um "Idiota de Classe A" e, como consequência, Jack confina toda a equipa do TGS para forçar o culpado a se revelar. O produtor do programa, Pete Hornberger (Scott Adsit), acidentalmente prende a sua mão em uma máquina de vendas quando tentava roubar um doce.[3] [4]

"MILF Island" foi geralmente recebido com opiniões favoráveis pelos críticos especialistas em televisão. De acordo com o serviço de mediação de audiências Nielsen Ratings, o episódio foi assistido por 5,8 milhões de telespectadores durante a sua transmissão original, e recebeu uma classificação de 2,7/7 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade.[5] [6]

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

"MILF Island" é o décimo primeiro episódio da segunda temporada de 30 Rock.[1] Foi escrito por Tina Fey e Matt Hubbard e dirigido por Kevin Rodney Sullivan.[2] Este é o décimo primeiro episódio escrito por Fey, sendo que o seu último trabalho no seriado como uma argumentista foi em "Somebody to Love",[7] e o quarto episódio escrito por Hubbard, sendo "The Collection" o seu último trabalho.[8] Este é o primeiro crédito de direcção por Sullivan.[2] "MILF Island" foi emitido pela NBC na noite de 10 de Abril de 2008 nos Estados Unidos como o trigésimo segundo episódio de 30 Rock.[1]

"MILF Island" foi filmado no início de Março de 2008.[9] O episódio de 30 Rock que foi transmitido na semana após essa, "Subway Hero", foi originalmente programado para ser exibido a 10 de Abril de 2008, no lugar deste episódio; contudo, por razões desconhecidas, "MILF Island" foi exibido nessa data, substituindo "Subway Hero".[10] Isto marcou a única vez nas primeiras quatro temporadas da série que episódios completos não foram transmitidos na mesma ordem em que foram produzidos.[11]

O Writers Guild of America esteve em greve por 100 dias, provocando assim um hiato de quatro meses na produção de 30 Rock.[12]

A confusão foi provocada antes da transmissão deste episódio, quando muitos críticos especularam com que maneira "MILF Island" iria atacar o uso da palavra "MILF" sem realmente explicar que é um acrónimo para "Mother I'd Like To Fuck",[nota 1] como isso seria uma quebra das regras da Federal Communications Commission (FCC).[13] A situação foi comparada a um episódio da série Seinfeld, intitulado "The Contest", que apresenta o tema da masturbação, mas os personagens nunca poderiam realmente dizer a palavra, tendo a dito recorrendo a metáforas.[14]

"MILF Island" foi o primeiro episódio de 30 Rock a ser transmitido desde "Episódio 210"  — cuja emissão foi a 10 de Janeiro de 2008  — devido à greve dos argumentistas do Writers Guild of America (2007-2008).[15] [16] O Writers Guild of America (WGA) entrou em greve às 5 horas e 1 minuto da manhã (UTC) de 5 de Novembro de 2007.[17] [18] As filmagens do último episódio escrito de 30 Rock foram concluídas dois dias depois.[19] Os membros do Writers Guild of America Este e Writers Guild of America Oeste votaram para terminar a greve de 100 dias a 12 de Fevereiro de 2008.[20] Os guionistas foram autorizados a voltar a trabalhar no mesmo dia.[21] O WGA permitiu que os produtores de 30 Rock voltassem a trabalhar a 11 de Fevereiro, durante a preparação para a conclusão da greve.[22] Os argumentistas voltaram a trabalhar no dia após o fim da greve.[21] Durante a greve, Fey, que é produtora executiva, guionista e estrela principal de 30 Rock, tinha que equilibrar os seus deveres de modo a não violar as regras de greve estabelecidas pelo WGA.[23] Ela juntou-se à greve juntamente com a co-estrela de 30 Rock, Jack McBrayer,[24] enquanto Alec Baldwin também deu apoio aos argumentistas através de publicações no portal The Huffington Post.[25]

Embora creditada, a actriz Jane Krakowski não interpretou a personagem Jenna Maroney em "MILF Island".[26]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Pete ficou preso em uma máquina de vendas ao tentar roubar uma barra de chocolate.

O elenco e a equipa do The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS) reúne-se para assistir à final da primeira temporada de MILF Island, um reality show criado por Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) que foi transmitido durante o verão. A equipa logo descobre que um deles disse a um repórter do jornal The New York Post que Jack era um "Idiota de Classe A" e que ele "pode comer o meu cocó". De seguida, a equipa inicia um conflito, na medida que tentam descobrir quem falou com o repórter. Mais tarde, o estagiário da NBC, Kenneth Parcell (Jack McBrayer), recorda-se que ouviu a argumentista-chefe do TGS, Liz Lemon (Tina Fey), fazer a declaração ao jornalista em um elevador do edifício. Liz faz uma falsa promessa a Kenneth, afirmando que vai contar a Jack que foi ela, para que este não ouça a verdade através de Kenneth. Liz finalmente revela a verdade a Jack, apenas para descobrir que ele já sabia de tudo. No entanto, Jack diz que não vai despedi-la, em vez disso, ela tem que escrever guiões para uma nova temporada do MILF Island para a concorrente manipuladora Deborah (Deidre Goodwin).[3]

A disfemia piorou tanto que fui tirado da minha turma e colocado na turma especial, localizada na sala da caldeira. O meu único colega chamava-se Gilly. Ele caiu no gelo em criança e ficou tecnicamente morto por 57 minutos. Eles ensinaram-nos a limpar serradura para que arranjássemos emprego numa fábrica. Claramente eu ultrapassei a disfemia em três idiomas. [...] Eu achava que havia bloqueado isto, mas uma coisa como esta traz emoções de volta.
 
O discurso de Jack para manipular Liz e forçá-la a confessar.[4] ,

Enquanto isso, como está planeando assistir à final da primeira temporada do MILF Island sozinho no seu escritório, o produtor do TGS, Pete Hornberger (Scott Adsit), prende a sua mão em uma máquina de vendas automática ao tentar roubar uma barra de chocolate da mesma. Após muitas tentativas mal-sucedidas de libertar-se da máquina, esta acaba por cair em cima dele.[3]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Segundo os dados publicados pelo sistema de registo de audiências Nielsen Ratings, "MILF Island" reuniu uma média de 5,8 milhões de telespectadores norte-americanos, um desempenho semelhante ao dos episódios anteriores da temporada, e recebeu uma classificação de 2,7/7 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade.[5] O 2,7 refere-se a 2,7 por cento de todos os cidadãos de 18 a 49 anos de idade nos Estados Unidos, e o 7 refere-se a 7 por cento de todos os telespectadores de 18 a 49 anos de idade assistindo televisão nos EUA no momento da transmissão.[6] Isto foi uma diminuição em relação ao episódio anterior, "Episódio 210", que foi visto em uma média de 6 milhões de domicílios e recebeu a classificação de 2,8/7 no mesmo perfil demográfico.[27] [28]

Análises da crítica[editar | editar código-fonte]

Jeff Labrecque, para a revista electrónica Entertainment Weekly, escreveu que "após três meses de um exílio reforçado por uma greve, [este episódio de] 30 Rock gerou as expectativas e emoções normalmente reservadas para uma estreia de temporada",[29] dizendo também que "o seriado [está] em forma de midseason".[30] Matt Webb Mitovich, da revista de entretenimento TV Guide, disse: "Estaria a mentir se dissesse que este foi um episódio super-excelente". Mitovich chegou a dizer: "[Eu] até gostei, apesar - e achei que deveriam ter feito muito mais com - dos 'paralelos' entre os eventos do MILF e a equipa, que fazia estratégias".[31] Bob Sassone, para a coluna televisiva TV Squad do sítio AOL, achou que "é quase como se isto fosse a abertura da temporada" e que o episódio foi "ambicioso".[32] Michael N, para o blogue Television Without Pity, premiou o episódio com a avaliação B.[33] Robert Canning, para o IGN, disse que "o arco de história geral foi algo menor do que havíamos antecipado a partir deste favorito dos críticos [30 Rock] fazendo o seu retorno pós-greve de guionistas; o episódio [entretanto] ainda foi muito engraçado." Canning disse também que este foi "um episódio que foi dividido entre uma história menor-do-que-a-média e muitos momentos hilariantes" e criticou o facto de "30 Rock nunca realmente ter dado [a Pete Hornberger e Scott Adsit] (o personagem ou o actor), a vitrina que ele merece."[34]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
  1. Em língua portuguesa: "Mãe que eu gostaria de foder".
Gerais
  1. a b c d Episode Title: (#211) MILF ISLAND (*) (em inglês). The Futon Critic (17 de Março de 2008). Página visitada em 8 de Dezembro de 2010.
  2. a b c 30 Rock - MILF Island (em inglês). Yahoo! TV. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  3. a b c 30 Rock - MILF Island (em inglês). TV Listings. Zap2it. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  4. a b 30 Rock Episode Guide 2008 Season 2 - MILF Island, Episode 11 (em inglês). TV Guide. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  5. a b NBC Ratings Results for the Primetime Week of April 7-13 (em inglês). The Futon Critic (15 de Abril de 2008). Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  6. a b Levine, Stuart (7 de Outubro de 2007). Fox wins competitive Thursday (em inglês). Variety. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  7. 30 Rock - Somebody to Love (em inglês). Yahoo! TV. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  8. 30 Rock - The Collection (em inglês). Yahoo! TV. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  9. Rivelli, Nicole (20 de Março de 2008). '30 Rock' - "MILF Island" Episode 211 - Pictured: Tina Fey as Liz Lemon (em inglês). Set Photos. NBC Universal Media Village. Página visitada em 19 de Novembro de 2012. "Save Picture as → Right click file → Properties → Summary → Advanced → Date Picture Taken"
  10. Episode Title: (#212) SUBWAY HERO (*) (em inglês). The Futon Critic (28 de Março de 2008). Página visitada em 8 de Dezembro de 2010.
  11. Ravitz, Justin (17 de Março de 2008). Bloomberg Films '30 Rock' Cameo (em inglês). The Huffington Post. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  12. Redação (12 de Fevereiro de 2008). The 100-Day Writers’ Strike: A Timeline (em inglês). The New York Times. The New York Times Company. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  13. de Moraes, Lisa (25 de Março de 2008). The Naughty Broadcasting Company (em inglês). The Washington Post. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  14. Sassone, Bob (25 de Março de 2008). '30 Rock' is heading to 'MILF Island' (em inglês). TV Squad. AOL. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  15. Episode Title: (#210) EPISODE 210 (*) (em inglês). The Futon Critic (20 de Dezembro de 2007). Página visitada em 8 de Dezembro de 2010.
  16. Andreeva, Nellie (14 de Fevereiro de 208). NBC renews series, announces premieres (em inglês). The Hollywood Reporter. Arquivado do original em 13 de Abril de 2008. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  17. Cieply, Michael (5 de Novembro de 2007). Writers Begin Strike as Talks Break Off (em inglês). The New York Times. The New York Times Company. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  18. McNary, Dave (4 de Novembro de 2007). WGA goes on strike (em inglês). Variety. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  19. Baldwin, Alec (11 de Novembro de 2007). What the Strike is Costing Us (em inglês). The Huffington Post. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  20. Writers Guild Members Vote to End Strike (em inglês). Writers Guild of America, West (12 de Fevereiro de 2008). Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  21. a b Littleton, Cynthia (12 de Fevereiro de 2008). It's official: WGA strike is over (em inglês). Variety. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  22. Littleton, Cynthia (10 de Fevereiro de 2008). Showrunners back to work Monday (em inglês). Variety. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  23. Zeitchik, Steven (6 de Novembro de 2007). High-profile writers Rock picket line in N.Y. (em inglês). The Hollywood Reporter. Arquivado do original em 4 de Maio de 2008. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  24. Solidarity! Tina Fey, Tim Robbins, Kristin Davis, John Edwards, And The Creepy Guy From "Lost" Rally For Striking Writers (em inglês). The Huffington Post (27 de Novembro de 2007). Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  25. Baldwin, Alec. Alec Baldwin (em inglês). The Huffington Post. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  26. Jane Krakowski (em inglês). Yahoo! TV. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  27. 'American Gladiators,' 'Biggest Loser' and 'Law & Order: Svu' Pace NBC's Week of JaN. 7-13 (em inglês). The Futon Critic (15 de Janeiro de 2008). Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  28. Berman, Marc (11 de Janeiro de 2008). Prime-Time Ratings: Thursday 1/10/08 (em inglês). The Programming Insider. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  29. Labrecque, Jeff (11 de Agosto de 2008). '30 Rock' Recap: Got 'MILF'? (Page 1) (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  30. Labrecque, Jeff (11 de Abril de 2008). '30 Rock' Recap: Got 'MILF'? (Page 2) (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  31. Mitovich, Matt Webb (10 de Abril de 2008). Episode Recap: "MILF Island" (em inglês). TV Guide. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  32. Sassone, Bob (10 de Abril de 2008). '30 Rock': "MILF Island" - VIDEO (em inglês). TV Squad. AOL. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  33. N, Michael (10 de Abril de 2008). MILF Island (em inglês). Television Without Pity. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.
  34. Canning, Robert (11 de Abril de 2008). '30 Rock': "MILF Island" Review (em inglês). IGN. Página visitada em 19 de Novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"Episódio 210"
Episódios da segunda temporada de 30 Rock
Sucedido por
"Subway Hero"