MIM-23 Hawk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um sistema Hawk sendo recarregado

O MIM-23 Hawk, é um míssil Norte Americano de médio alcance fabricado pela Raytheon. Ele foi inicialmente projetado para destruir aviões, e posteriormente adaptado para destruir outros mísseis em voo.

O Hawk entrou em serviço em 1960, e um extenso programa de atualizações impediu que ele se tornasse obsoleto. Ele foi suplantado pelo MIM-104 Patriot no Exército dos Estados Unidos em 1994, saindo de serviço em 2002, sendo substituído pelo FIM-92 Stinger, extremamente portátil. Ele foi produzido também, na Europa, no Japão e no Irã.1

Apesar de os Estados Unidos nunca terem empregado o Hawk em combate, ele foi usado muitas vezes por outras nações. Aproximadamente 40.000 mísseis desse tipo foram produzidos. O Jane's Information Group publicou em relatórios que a probabilidade de morte por disparo do sistema original era de 0,56; já o sistema I-Wawk melhorou essa taxa para 0,85.2

Os mísseis do sistema Hawk usavam um motor de empuxo dual, ou seja, com uma fase inicial de impulsão e uma segunda fase de sustentação. O MIM-23A usava o motor M22E8 que queimava durante 25 a 32 segundos. Já o MIM-23B e posteriores, usavam o motor M112, com uma fase de impulsão de 5 segundos e uma fase de sustentação de cerca de 21 segundos ambas mais potentes que as de seu predecessor.

Sistemas Soviéticos Similares são: S-125 Neva/Pechora e 2K12 Kub.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. Tony Cullen and Christopher F. Foss (Eds), Jane's Land-Based Air Defence Ninth Edition 1996-97, p. 296, Coulsdon: Jane's Information Group, 1996.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre MIM-23 Hawk
Ícone de esboço Este artigo sobre mísseis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.