MSC Poesia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MSC Poesia
MSC POESIA Jam Cruise 8 Grand Cayman at anchor.jpg
MSC Poesia ancorado em Grand Cayman em 2010
Carreira
Proprietário MSC Crociere
Operador MSC Crociere
Construção Saint-Nazaire, França
Lançamento 5 de abril de 2008
Porto de registo Flag of Panama.svg Panamá
Viagem inaugural 7 de abril de 2008
Estado Em operação
Características gerais
Classe Classe Musica
Tonelagem 92 409 t
Largura 32 metros
Maquinário 5 motores Wärtsilä W16V38B diesel 58000 kW.
Cabines 1 257
Comprimento 293 metros
Velocidade 23 nós (43 km/h - 27 mph)
Carga 3 013 passageiros, 987 tripulantes

O MSC Poesia é o terceiro navio da classe Musica, da MSC Crociere. Entrou em operação no início de 2008, após os dois primeiros navios dessa classe, MSC Musica e MSC Orchestra terem sido entregues respectivamente em 2006 e 2007. A classe Musica possui um quarto navio, o MSC Magnifica, mais novo navio desta classe, com projeto parcialmente modificado.

História[editar | editar código-fonte]

O MSC Poesia foi o primeiro navio na frota da MSC Crociere a ser batizado fora da Itália. Seu batismo ocorreu em 7 de Abril de 2008 em Dover, na Inglaterra. A madrinha foi a diva italiana Sophia Loren que também batizou todos os outros navios da frota da companhia italiana. De sua inauguração até 2010 operou no Mediterrâneo, partindo principalmente de Veneza para roteiros pelo Adriático. Após 2010, passou a navegar no Norte da Europa e nos EUA e Caribe. Em outubro de 2012, a MSC anunciou a vinda do Poesia ao Brasil em sua temporada de verão sul-americana 2013/2014. [1] Sua temporada inaugural na região teve, porém, embarques apenas na Argentina, mais especificamente no porto de Buenos Aires. Na temporada 2014/2015, o passará a realizar embarques em Santos, para roteiros de sete noites com destino aos países do Rio da Prata: Uruguai e Argentina. [2]

No início de 2012, pouco antes da tragédia com o Costa Concordia na Itália, o Poesia foi protagonista de outro incidente envolvendo um navio de cruzeiro. Enquanto realizava um cruzeiro pelo Caribe encalhou nos arredores de Port Lucaya nas Bahamas. Sem maiores consequências, o incidente foi contornado com a ajuda de rebocadores, que puxaram o navio de volta para a água. [3]

Características[editar | editar código-fonte]

O MSC Poesia é parte da classe Musica. Os navios dessa classe possuem capacidade para 3.013 passageiros em ocupação máxima. Em ocupação dupla, acomoda 2.550 passageiros. Segundo a MSC, o navio possui 16 bares e 5 restaurantes. Em suas quase 100,000 toneladas, possui também um teatro com 1,2540 poltronas, um casino, pista de jogging, quadra de tênis, spa, e diversas outras atrações.

Colisão com o Costa Classica[editar | editar código-fonte]

No dia 6 de junho de 2008, o MSC Poesia e o Costa Classica colidiram-se no Mar Adriático, perto de Dubrovnik. Ninguém ficou ferido e os danos foram mínimos. A causa de tudo é que o MSC Poesia soltou a ancora e acabou batendo no Costa Classica. Ambos navios continuaram seu itinerário previsto, sem atrasos.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Daniel Capella (24 de Outubro de 2012). MSC terá Preziosa, Poesia, Magnifica e Orchestra na América do Sul (em português) Portal WorldCruises.com.
  2. Daniel Capella (28 de Novembro de 2013). MSC confirma temporada 2014/2015 no Brasil e restante do mundo (em português) Portal WorldCruises.com.
  3. Daniel Capella (9 de Janeiro de 2012). MSC Poesia encalha nas Bahamas (em português) Portal WorldCruises.com.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre MSC Poesia
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.