MSC Preziosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MSC Preziosa
MSC Preziosa em Saint-Nazaire, março 2013
Carreira
Proprietário MSC Crociere
Operador MSC Crociere
Custo US$ 550 000 000
Construção Saint-Nazaire, França
Lançamento 23 de março de 2013
Porto de registo Flag of Panama.svg Panamá
Viagem inaugural 23 de março de 2013
Estado Em operação
Características gerais
Classe Classe Fantasia
Tonelagem 139 072 t
Largura 38 metros
Cabines 1 751
Altura 66,8 metros
Comprimento 333 metros
Velocidade 23,7 nós (43,9 km/h - 27,3 mph)
Carga 3 502 passageiros, 1 388 tripulantes

O MSC Preziosa é o mais novo navio da frota da MSC Crociere, tendo entrado em operação em Março de 2013. Parte da classe Fantasia, o navio é uma versão modificada de seus gêmeos mais antigos MSC Splendida e MSC Fantasia, e possui um único gêmeo, o MSC Divina.

História[editar | editar código-fonte]

Foi encomendado em meados de 2010 por uma empresa de navegação comercial da Líbia que pretendia entrar no mercado de cruzeiros regional [1] . Originalmente se chamaria Phoenicia, e entraria em operação no final de 2012. A revolta conhecida como Primavera Árabe, que retirou do poder o General Muammar Gaddafi, em Fevereiro de 2011, prejudicou os planos da companhia, que cancelou a encomenda. O casco inacabado foi então vendido para a MSC Crociere pelo STX France, estaleiro responsável pela construção do navio [2] . O projeto original foi alterado, e o navio agora chamado MSC Preziosa entregue em Março de 2013.

Características[editar | editar código-fonte]

O MSC Preziosa é um dos maiores navios do mundo, com capacidade para cerca de 4,000 passageiros. Possui 333 metros de comprimento e 38 de largura, e aproximadamente 140,000 toneladas. Um dos destaques é o MSC Yatch Club, uma área privativa na proa para passageiros de certas categorias de cabines, que contam com bebidas incluídas nos bares da área em questão, e serviço de mordomo 24 horas. Os interiores foram projetados pelo escritório de arquitetura naval De Jorio Design International. Possui a primeira filial em alto mar do restaurante italiano de Eataly - Slow Food.

Destinos[editar | editar código-fonte]

Após deixar o estaleiro onde foi construído, o MSC Preziosa escalou Lisboa [3] , antes mesmo de sua inauguração oficial, que só aconteceu em Gênova alguns meses depois. Até Novembro, permaneceu na Europa, realizando roteiros pelo Mediterrâneo. No final de novembro/13 chegou a Santos, onde realiza embarques até o final de Março de 2014, quando retorna a Europa, desta vez, para roteiros pelo Adriático. Já tem sua volta ao Brasil confirmada para 2014/2015 para cruzeiros ao Nordeste.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Daniel Capella (8 de Junho de 2010). Empresa líbia aposta no mercado de cruzeiros. (em português) Portal WorldCruises.com.
  2. Daniel Capella (3 de Outubro de 2011). Crise? MSC pensa em encomendar mais navios (em português) Portal WorldCruises.com.
  3. Daniel Capella (18 de Março de 2013). Lisboa recebe pela primeira vez o Preziosa, mais novo navio da MSC (em português) Portal WorldCruises.com.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre MSC Preziosa
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.