MS Splendour of the Seas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Splendour of the Seas saindo do porto de Split, na 16 de julho de 2011
Costa Classica (Costa Crociere) ao centro, Splendour of the Seas a esquerda, e Ártemis (P&O Cruises) a direita, em Búzios, 2008.

O Splendour Of The Seas é um navio transatlântico, destinado a cruzeiros operado pela companhia norte-americana Royal Caribbean International.

O Splendour é o segundo navio de uma classe de seis, denominada "Vision".

Tem como diferenciais das demais embarcações da classe, exceto o Legend, a chaminé que fica acima do "Viking Crown Lounge" e o campo de mini-golfe, onde nos outros fica a chaminé.

Fez sucesso no Brasil em meados de 2001, tendo retornado para outra temporada em 2007. Ele e outros quatro de sua classe forma construídos no estaleiro Chantiers de l'Atlantique e, Saint Nazaire na França, a exceção fica por conta do Grandeur e Enchantment of the Seas que foram construídos na Finlândia. O Splendour, foi alvo de polêmica no Brasil nos anos 2000, por ter revelado a pouca capacidade operacional e falta de estrutura dos portos brasileiros que mal tinham condições de acolhê-lo. [carece de fontes?]

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.