MTV ao Vivo (Ivete Sangalo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MTV Ao Vivo
Álbum ao vivo de Ivete Sangalo
Lançamento 13 de abril de 2004[1]
Gravação 21 de dezembro de 2003, no Estádio Octávio Mangabeira (Fonte Nova), em Salvador (Bahia)
Gênero(s) Axé; Latin; Reggae; Romântica
Duração 1:15:50 (CD)
2:43:00 (DVD, com material extra)
Formato(s) CD e DVD
Gravadora(s) Universal Music
Diretor(es) Joana Mazzuchelli
Produção Alexandre Lins e Ivete Sangalo
Certificação ABPD - Diamond2.png Diamante (CD)
Diamond2.png 5× Diamante (DVD)
Cronologia de Ivete Sangalo
Último
Último
Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso
(2003)
As Super Novas
(2005)
Próximo
Próximo
Singles de MTV ao Vivo
  1. "Flor do Reggae"
    Lançamento: março de 2004
  2. "Faz Tempo"
    Lançamento: agosto de 2004
  3. "Céu da Boca"
    Lançamento: dezembro de 2004
Singles de MTV ao Vivo -
Singles Promocionais
  • "Só Pra Me Ver"
    Lançamento: julho de 2004

MTV Ao Vivo é o quinto álbum - e primeiro ao vivo - da carreira solo da cantora baiana Ivete Sangalo. Foi lançado no dia 5 de abril de 2004 e vendeu impressionantes 2,6 milhões de cópias mundialmente, sendo o álbum mais vendido da história do programa MTV ao Vivo da MTV Brasil. Rendeu à cantora seu primeiro Grammy Latino, na categoria de Melhor Álbum de Música Regional ou de Raizes Brasileiras.

O CD e DVD, que comemora os 10 anos de carreira de Ivete, foi gravado no antigo Estádio Octávio Mangabeira, a popular Fonte Nova (atualmente Arena Fonte Nova), e recebeu mais de 80 mil pessoas no dia 21 de Dezembro de 2003. Vários artistas participaram do show, como o guitarrista Davi Moraes, marido da cantora na época; o ex-ministro da Cultura Gilberto Gil, a dupla Sandy & Junior, o cantor Tatau (líder do Ara Ketu) e as cantoras Daniela Mercury e Margareth Menezes.

Entre as várias canções, estava a inédita "Flor do Reggae" e a regravação de "Chica Chica Boom Chic", sucesso de Carmen Miranda. A versão em DVD inclui, como material extra, a discografia de Ivete desde 1994, uma galeria de fotos e a versão para televisão do programa exibido pela MTV, com entrevistas de Ivete intercaladas entre as músicas. O DVD tornou-se um marco na carreira de Ivete, transformando-a no maior nome do axé Music no país e na cantora mais popular e vendida do Brasil, posto que mantém até os dias de hoje.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Após três álbuns de estúdio consecutivos, lançados em 1999, 2000 e 2001, Ivete Sangalo teve um intervalo de quase dois anos para produzir seu quarto álbum de estúdio. Antes de entrar no estúdio para gravação do álbum, Ivete recebeu um convite da MTV para gravar um disco ao vivo, mas recusou. "Cheguei à conclusão de que deveria esperar mais um pouco. A Banda Eva já tinha um disco ao vivo, e eu acho que ainda preciso construir uma carreira consistente para formar um repertório que tenha uma história e justifique um disco ao vivo. Acho que todo disco deve ter um romantismo. Mas ainda tenho grandes planos com a MTV pela frente," disse Ivete.[2]

Após a recusa, Ivete lançou seu quarto álbum de estúdio, "Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso", em agosto de 2003. Em entrevistas, a cantora era categórica ao responder sobre o DVD, "Não pensei nisso ainda. Não estou precisando," dizia a cantora.[2] Entretanto, após alguns meses do álbum lançado, Ivete aceitou o convite da MTV, alegando que, "Foi difícil resistir ao convite por causa dos pedidos do público. Juntamos a oportunidade aos pedidos dos fãs e realizamos o ao vivo."[3] Numa entrevista, a cantora explicou, "Eu ainda não tinha uma estrutura de show para um projeto desse porte. Se era para fazer um MTV Ao Vivo, tinha que ser bem-feito", disse Ivete, garantindo que não previa o sucesso que faria a música "Sorte Grande".[4]

Gravação[editar | editar código-fonte]

Vista aérea da Arena Fonte Nova, onde o DVD foi gravado.

Gravado na Fonte Nova, em Salvador, no dia 21 de dezembro de 2003, o show contou com 80 mil pessoas, que assistiram à gravação do trabalho. O show foi produzido pela própria cantora e por Alexandre Lins, com direção artística de Max Pierre e a colaboração da diretora da MTV Joana Mazzucchelli.[5]

No palco, Ivete Sangalo foi acompanhada por Rudnei Monteiro e Juninho (guitarra), Gigi (baixo), Radamés (teclado), Toinho Batera (bateria), Letieres Leite (sax), Guiga Scott (trompete) Ferrerinha (trombone), Cara de Cobra, Márcio Brasil e Fábio Almeida (percussão), Patrícia Sampaio (backing vocal), Amilton Lino, Celso, Dudé e Fabio Molejo (bailarinos).[6]


Repertório e convidados[editar | editar código-fonte]

Daniela Mercury
Margareth Menezes
As participações de Daniela Mercury (esquerda) e Margareth Menezes (direita) foram incluídas apenas no DVD.

O show reúne os maiores sucessos da carreira da cantora, inclusive músicas do tempo em que ela ainda comandava a Banda Eva, hits como "Festa", "Sorte Grande", "De Ladinho", "Carro Velho", "Pererê" e muitos outros fizeram parte do show. Além da inédita "Flor do Reggae" e a releitura de "Chica Chica Boom Chic," famosa mundialmente com Carmen Miranda. O ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil (Céu da Boca), está entre os convidados, que ainda incluem Sandy (Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim) e o marido de Ivete na época, Davi Moraes ("Astral").

Mas no DVD ainda entraram Tatau do Araketu, Daniela Mercury e Margareth Menezes, que também participaram da gravação.[5] Ao ser perguntada sobre o por quê do CD não trazer todos os convidados, Ivete respondeu, "Isso é uma parte burocrática que fica a cargo da gravadora. Por mim estariam todos, no CD e no DVD."[7] O CD traz 18 faixas, mas duas são 'medleys', enquanto o encarte contém fotos de diversos momentos do show.[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[8]
CliqueMusic 4 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svg (ótimo)[9]
ISTOÉ Gente 3 de 3 estrelas.Star full.svgStar full.svg[10]
Universo Musical (positivo)[11]

O álbum recebeu críticas extremamente positivas. O site Universo Musical começou a resenha elogiando Ivete, falando que "ela é ótima cantora, é carismática e suas músicas são populares e de qualidade." O site continuou descrevendo o álbum, dizendo que, "Ivete comemora 10 anos de carreira revendo seus sucessos, desde a Banda Eva (‘Eva’, ‘Alô Paixão’) até ‘Sorte Grande’, passando por ‘Carro Velho’, ‘Pererê’, ‘Canibal’ e ‘Festa’. Uma surpresa é a releitura de ‘Chica Chica Boom Chic’, famosa com Carmem Miranda. Os convidados, Gilberto Gil (‘Céu da Boca’), Sandy (‘Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim’) e Davi Moraes (‘Astral’) não acrescentam muito. O brilho de Ivete já era suficiente para levantar a poeira com um repertório bem selecionado e bem gravado."[11]

Mauro Ferreira, escritor da ISTOÉ Gente, deu ao álbum 3 de 3 estrelas, afirmando que, "Em seus discos de estúdio, Ivete Sangalo nunca conseguiu reeditar com fidelidade a atmosfera calorosa de seus shows, mas a cantora corrige essa falha de sua discografia solo com o lançamento de um bom CD da série MTV ao Vivo." Mauro também analisou que, "Ivete sabe comandar a massa e, no palco, peca somente pelo excesso de animação. Suas repetidas saudações e incentivos ao público soam desnecessárias, porque a multidão já fazia espontâneo coro em sucessos como 'Carro Velho' e 'De Ladinho', hits da Banda Eva nunca gravados ao vivo." O crítico encerrou a resenha dizendo que, "O disco funciona como um atualizado 'best of' da cantora, que só havia lançado CD ao vivo na Banda Eva, mas traz novidades. [...] Para quem gosta de axé, é prato cheio."[10]

Comercial[editar | editar código-fonte]

O DVD foi um sucesso estrondoso, vendendo mais de 400 mil cópias; um marco.

O álbum foi um sucesso estrondoso nas paradas, vendendo mais de 200 mil cópias, em menos de dois meses.[3] Sobre o feito, Ivete comentou, "Com o aumento da pirataria, perdeu-se completamente o parâmetro do que é muito ou pouco em vendagem de CDs. Espero vender o maior número possível de cópias até para ter o meu trabalho no maior número de lugares."[7] Em setembro do mesmo ano, o álbum tinha ultrapassado as 300 mil cópias vendidas, enquanto o DVD atingiu a marca de 160.000 unidades, recorde no Brasil.[6] Em novembro, a cantora recebeu DVD de diamante duplo, pela ABPD, por vendas de mais de 200 mil DVDs.[12]

Em 2005, o álbum chegou a marca de 500 mil cópias, recebendo certificado de "Diamante" pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos, equanto o DVD recebeu certificado de diamante quádruplo, por vendas superiores a 400 mil cópias.[13] Em 2012, o álbum já tinha passado da marca de 1,2 milhão de cópias.[14]

Já em Portugal, o álbum foi o primeiro da carreira de Ivete a entrar no "Portugal Albums Top 30", na posição de número 21.[15] Já na terceira semana, o álbum subiu para a posição de número 7, se tornando o "maior ganhador da semana".[16] Na sua oitava semana, o álbum deu uma subida para a posição de número 6, se tornando o pico do álbum.[17] O álbum ficou mais uma semana na posição de pico[18] e 42 semanas ao total.[15]


Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ivete recebeu seu 1º Grammy Latino pelo álbum.

O álbum recebeu e concorreu à vários prêmios entre 2004 e 2005. No 12º Prêmio Multishow de Música Brasileira, o álbum concorreu e ganhou o prêmio de "Melhor DVD".[19] Em 2005, Ivete também concorreu e ganhou o Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Regional ou de Raizes Brasileiras; sendo a quarta vez consecutiva que a cantora concorreu ao Grammy e primeira vez que saiu vencedora.[20]

O CD também recebeu o "Troféu Universo Musical" na categoria "Melhor Álbum ao Vivo". O próprio site afirmou que o álbum "é ótimo, com os principais sucessos da carreira solo e alguns dos tempos de Banda Eva, mais a inédita Flor do Reggae. Ivete é um oásis no universo do axé."[21] Ivete ainda venceu na categoria "Melhor Show", também pelo projeto.[21]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Ivete divulgou o álbum em inúmeros programas de TV. Ivete esteve no "Altas Horas", comandado por Serginho Groisman e exibido pela Rede Globo, cantando os hits do álbum "Flor do Reggae" e "Faz Tempo", além do sucesso "Festa". Ainda em 2004, Ivete esteve três vezes no Domingão do Faustão, comandado por Fausto Silva. Na primeira vez, Ivete divulgou o recém-lançado "MTV ao Vivo", cantando "Flor do Reggae", "Carro Velho", "Sorte Grande", "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim", "Canibal" e "Festa", além de ter participado do quadro "Entregação". Na segunda vez, Ivete cantou vários hits, entre eles "Carro Velho", "Coleção" (num improviso), trechos de "Eu Sei Que Vou Te Amar", "Oceano" (de Djavan) E "Cheiro de Amor" (de Maria Bethânia), além de "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim", com a participação de Sandy, e "Desperdiçou, com Sandy & Júnior (ambas músicas fizeram parte do DVD). Além disso, Ivete ganhou de Faustão um CD duplo de platina (250 mil cópias) e DVD de diamante (100 mil cópias). Na última vez, Ivete participou dos Melhores do Ano, ganhando o prêmio de "Melhor Cantora", além de ter cantado "Flor do Reggae", "Céu da Boca" e "Sorte Grande" (os hits do álbum).

Ivete também visitou o Caldeirão do Huck, comandado por Luciano Huck, e cantou os hits "Flor do Reggae", "Sorte Grande" e "Festa", além de ter dado uma entrevista descontraída. A cantora também compareceu ao "Mais Você", apresentado por Ana Maria Braga e também exibido pela Rede Globo, onde deu uma entrevista, cozinhou e cantou o single do álbum, "Flor do Reggae". A cantora também foi ao SBT, participando do programa da Hebe, cantando "Flor do Reggae" e "Simples Carinho" (canção de Gal Costa), num dueto com a própria Hebe Camargo. Ainda no SBT, Ivete também participou do "Teleton" de 2004, cantando vários hits, entre eles, "Sorte Grande", "Flor do Reggae", "Chica Chica Boom Chic" e "Faz Tempo". Ivete também foi entrevista no programa "Melhor da Tarde", apresentado por Astrid Fontenelle, e ainda cantou o hit "Sorte Grande".

Turnê[editar | editar código-fonte]

Para promover ainda mais o álbum, Ivete embarcou na "Turnê MTV Ao Vivo" (2004-2005). Ivete deu início a turnê no dia 25 de julho de 2004, num show de lançamento do álbum no Credicard Hall, em São Paulo.[22] Ider Oliveira do Território da Música elogiou a apresentação, dizendo que "Ivete Sangalo é uma 'moleca' que pula, corre, dança e usa todos os espaços possíveis do palco com muita naturalidade, e ainda o divide com uma seleção excepcional de músicos e bailarinos. Sem contar a produção, que é de primeira linha." O redator também disse que, "O público, mesclado com várias idades e estilos, vibrou e aproveitou, do início ao fim, contagiado pela energia e alegria dessa baiana, que apesar de gripada, não deixou a peteca cair. Sua voz é força e ritmo."[22] A setlist contou com sucessos como "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim", "Carro Velho", "Arerê" e muito mais, além de "Flor do Reggae", "Chica Chica Boom Chic" e "Céu da Boca", gravadas especialmente para o projeto e que ficaram no 'setlist' da turnê até 2006. A canção "Chorando Se Foi" também entrou no 'setlist' e foi regravada posteriormente por Ivete para o seu quinto álbum de estúdio, As Super Novas (2005).[23]

No dia 17 de setembro de 2004, Ivete fez um show no Claro Hall, no Rio de Janeiro, como parte da turnê, para um público de quase 10 mil pessoas. O repertório do show seguiu exatamente o do DVD, com exceção de algumas músicas que não foram cantadas, entre elas o sucesso "Pererê". Durante os primeiros três quartos do show, o ritmo foi frenético, só com as canções mais animadas. Antes de 'Carro Velho', a banda tocou funk e Ivete improvisou alguns versos (em uma referência à cidade). Em 'Flor do Reggae', o público foi ao delírio, provando o sucesso radiofônico da canção. Na dobradinha 'Festa'/'Sorte Grande', a banda de Ivete deu uma improvisada de leve, mudando o andamento da música, fazendo com que o público fizesse um coral ensurdecedor. Depois de tanta animação, Ivete pôde mostrar suas baladas românticas, como 'A Lua Q Eu Te Dei', 'Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim' e 'Faz Tempo'. No bis, a balada 'Coleção', de Cassiano, com levada no estilo cool jazz, 'Astral' e, para fechar, mais uma vez 'Sorte Grande'.[6]

Singles[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2004, "Flor do Reggae" foi anunciada como primeiro single do álbum.[24] A canção é um reggae e foi lançada no final de março de 2004. Em maio, "Flor do Reggae" já tinha se tornado a canção mais tocada nas rádios do Brasil.[25] "Flor do Reggae" alcançou o topo das paradas de sucesso[26] e foi a segunda canção mais tocada no Brasil em 2004.[27]

O segundo single do álbum foi a canção "Faz Tempo", lançado em agosto de 2004. A balada romântica, presente no álbum "Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso", foi um sucesso nas paradas, entrando entre as 10 mais pedidas em setembro[28] e alcançando a posição de número 2, em outubro.[26]

O terceiro single do álbum foi a canção "Céu da Boca", com o cantor Gilberto Gil, lançado em dezembro de 2004. A canção foi um dos grandes sucessos do carnaval de 2005, sendo o ringtone mais baixado em fevereiro de 2005[29] , alcançando o pico de número 2, também em fevereiro.[26]

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

A canção "Só Pra Me Ver", também presente no "Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso", foi lançada como single promocional em algumas rádios do Brasil em julho de 2004. A canção alcançou a posição de número 37 nas paradas de sucesso.[26]

Tracklist[editar | editar código-fonte]

MTV ao Vivo (CD)[30]
# Título Compositor(es) Duração
1. "Medley: "Eva" / "Alô Paixão" / "Beleza Rara""   Giancarlo Bigazzi, Umberto Tozzi e Marcos Ficarelli / Jorge Xaréu / Ed Grandão 6:08
2. "Medley: "Vem Meu Amor" / "Nossa Gente (Avisa Lá)""   Silvio e Guio / Roque Carvalho 6:50
3. "Flor do Reggae"   Ivete Sangalo, Gigi e Fabinho O’Brian 4:20
4. "Carro Velho"   Ivete Sangalo e Ninha 2:54
5. "Tô na Rua"   Gal Sales e Xexéu II 4:39
6. "Empurra-Empurra"   Alain Tavares e Gilson Babilônia 3:03
7. "Céu da Boca" (participação especial: Gilberto Gil) Reinaldo Marcel 3:29
8. "Chica Chica Boom Chic"   Harry Warren e Mack Gordon 2:59
9. "Só pra Me Ver"   Sangalo 3:44
10. "Sorte Grande"   Lourenço 4:53
11. "Festa"   Anderson Cunha 3:25
12. "Astral" (participação especial: Davi Moraes) Gustavo Di Dalva e Cláudio Martins 4:44
13. "Faz Tempo"   Gigi, O'Brian 4:36
14. "A Lua Q Eu T Dei"   Herbert Vianna 3:28
15. "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim " (participação especial: Sandy) Vianna, Paulo Sérgio Valle 4:16
16. "De Ladinho"   Léo Bit Bit, Gustavo Di Dalva e Boghan 4:29
17. "Pererê"   Augusto Conceição e Chiclete 3:17
18. "Canibal"   Sangalo 3:44
Duração total:
52:14

Formação (Banda do Bem)[editar | editar código-fonte]

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

  • Tatau (líder do Ara Ketu) em "Arerê" (apenas no DVD)
  • Daniela Mercury em "Pan-Americana" (apenas no DVD)
  • Margareth Menezes em "Chão da Praça" (apenas no DVD)
  • Davi Moraes: guitarra em "Astral"
  • Gilberto Gil em "Ilê Ayê" (apenas no DVD) e "Céu da Boca"
  • Sandy Leah em "Desperdiçou" (apenas no DVD) e "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim"
  • Junior Lima: guitarra e vocais em "Desperdiçou" (apenas no DVD)

Posição nas paradas[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2004) Melhor
posição
 Brasil (Top 30 Álbuns)[31] 1
 Portugal (Portugal Albums Top 30)[15] 6

Certificações[editar | editar código-fonte]

País / Provedor Certificações Vendas CD
 Brasil / ABPD Diamond2.png Diamante[13] 1.500.000+

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
No Século XXI, no Pátio do Forró de Banda de Pífanos de Caruaru
Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Regional ou de Raizes Brasileiras
2005
Sucedido por
Vida Marvada de Chitãozinho e Xororó

Referências

  1. iTunes - Ivete Sangalo MTV ao Vivo iTunes. Apple Store. Acessado em 09 de março de 2014
  2. a b Ivete Sangalo recusa convite da MTV e lança quarto disco de estúdio. Universo Musical (2003). Página visitada em 28-07-2013.
  3. a b Leisa Ribeiro (2004). Entrevista com Ivete Sangalo: “sou movida pela emoção”. Universo Musical. Página visitada em 9 de março de 2014.
  4. Leisa Ribeiro (20 de setembro de 2004). Cantora recebe Troféu U.M. no camarim. Universo Musical. Página visitada em 9 de março de 2014.
  5. a b c Leisa Ribeiro (2004). A nossa sorte grande. Universo Musical. Página visitada em 9 de março de 2014.
  6. a b c Marcos Paulo Bin (20 de setembro de 2004). Furacão Ivete arrasta quase 10 mil pessoas ao Claro Hall. Universo Musical. Página visitada em 9 de março de 2014.
  7. a b Marcos Paulo Bin (20 de setembro de 2004). Continuação da entrevista: “busco a popularidade da minha música”. Universo Musical. Página visitada em 9 de março de 2014.
  8. MTV ao Vivo - Ivete Sangalo | Allmusic. Allmusic. Página visitada em 28 de julho de 2013.
  9. MTV Ao Vivo - Ivete Sangalo | Uol. CliqueMusic. Página visitada em 09 de março de 2014.
  10. a b Mauro Ferreira. IstoÉ Gente - Ivete Sangalo – MTV ao Vivo. ISTOÉ Gente. Página visitada em 19-02-2014.
  11. a b Universo Musical - Lançamentos - Ivete Sangalo. Universo Musical. Página visitada em 09 de março de 2014.
  12. Redação 24 Horas News. Ivete Sangalo bate recorde com venda de 250 mil DVDs. 24 Horas News. Página visitada em 09 de março de 2014.
  13. a b ABPD | Associação Brasileira de Produtores de Disco. ABPD. Página visitada em 19 de dezembro de 2013.
  14. Ivete Sangalo, 40 anos: relembre a trajetória da cantora. IG. Página visitada em 5 de maio de 2012.
  15. a b c Ivete Sangalo - MTV ao Vivo - Music Charts. Music Charts. Página visitada em 9 de maio de 2014.
  16. Portugal Albums Top 30 - July 12, 2004. Music Charts. Página visitada em 9 de maio de 2014.
  17. Portugal Albums Top 30 - August 16, 2004. Music Charts. Página visitada em 9 de março de 2014.
  18. Portugal Albums Top 30 - August 23, 2004. Music Charts. Página visitada em 9 de marçoo de 2014.
  19. O Rappa é o grande vencedor do Prêmio Multishow. Terra Networks (05 de julho de 2005). Página visitada em 10 de março de 2014.
  20. Veja os vencedores do Grammy Latino. Folha de São Paulo (04 de novembro de 2005). Página visitada em 10 de março de 2014.
  21. a b Os melhores de 2004: MPB, Pop-rock e Popular. Universo Musical (15 de março de 2004). Página visitada em 10 de março de 2014.
  22. a b Ider Oliveira (25 de julho de 2004). Ivete Sangalo: Credicard Hall - São Paulo/SP. Território da Música. Página visitada em 12 de março de 2014.
  23. Ivete Sangalo Setlist at Festival de Verão de Salvador 2005. Setlist FM (20 de janeiro de 2005). Página visitada em 12 de março de 2014.
  24. Trio Maderada é uma das novidades para o Carnaval de Ivete Sangalo. Carnasite (11 de fevereiro de 2004). Página visitada em 5 de maio de 2012.
  25. “Flor do Reggae” é a música mais tocada no Brasil. Carnasite (20 de maio de 2004). Página visitada em 9 de maio de 2014.
  26. a b c d Hot 100 Brasil (em português). Página visitada em 02 de outubro de 2013.
  27. Música de Zezé & Luciano é a mais tocada de 2004. Terra Networks (29 de dezembro de 204). Página visitada em 9 de maio de 2014.
  28. Entrevista: Ivete Sangalo revela que sonha em virar uma Carmem Miranda. Carnasite (2 de setembro de 2004). Página visitada em 9 de março de 2014.
  29. Ivete Sangalo lidera ranking de ringtone no País. Terra Networks (9 de março de 2005). Página visitada em 9 de março de 2014.
  30. Universo Musical - Ivete Sangalo. Universo Musical. Página visitada em 09 de março de 2014.
  31. CD Ao Vivo de Ivete Sangalo é o mais vendido no Brasil. Carnasite (19 de abril de 2004). Página visitada em 9 de maio de 2014.