Macário de Alexandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


São Macário de Alexandria
Monge
Nascimento século IV d.C. em Egito (província romana)
Morte ca. 395[1]  em Egito (província romana)
Veneração por Igreja Católica, Igreja Ortodoxa e Igreja Ortodoxa Oriental
Festa litúrgica 2 de janeiro
1 de Maio na Igreja Ortodoxa Copta (6 Pashons)
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Macário de Alexandria (m. 395) foi um monge no deserto da Nítria (Wadi El Natrun). Ele era um pouco mais jovem que o seu contemporâneo e homônimo, Macário do Egito, e por isso também é conhecido como Macário, o Moço. Ele era também conhecido como ho politikos.[2] Ele foi um asceta extremo e numerosos milagres foram atribuídos a ele. Ele presidia sobre um conjunto de 5.000 monges no deserto da Nítria.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Certa vez, ele foi ao mosteiro de São Pacômio numa roupa de leigo e ficou lá por quarenta dias na quaresma. Ninguém o viu comendo ou se sentando. Ele estava fazendo cestos de folhas de palmeira enquanto permanecia em pé. Os monges diziam à Pacômio: "Expulse este homem daqui, pois ele não é humano". Uma inspiração divina posteriormente revelou a identidade de Macário para ele, e os o monges correram para receber suas bençãos. Quando Macário percebeu que suas virtudes tinham sido reveladas, ele retornou para o seu mosteiro em Scetes.

Macário de Alexandria foi exilado pelo imperador Valente, juntamente com Macário do Egito, para uma ilha, que eles prontamente cristianizaram.

De acordo com a tradição ortodoxa, Macário de Alexandria faleceu em 2 de janeiro de 395 d.C. De acordo com a tradição ortodoxa copta, ele faleceu em 1 de maio de 395 d.C.

Além de uma regra monástica e três breves apotegmas, uma homilia, "Sobre o destino das almas dos virtuosos e dos pecadores", que é atribuída a ele. Paládio e Sozomeno também mencionam um "Macário, o Moço, do Baixo Egito, que viveu numa cela por mais de vinte anos para se penitenciar de um assassinato que cometeu.".

Referências

  1. Lives of Saints :: Bashons 6 (em inglês) Coptic Church. Visitado em 10 de janeiro de 2011.
  2. Wikisource-logo.svg "Macarius" na edição de 1913 da Catholic Encyclopedia (em inglês)., uma publicação agora em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.