Macrocefalia (urbanismo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Macrocefalia urbana é um fenômeno que consiste na existência de uma rede de centros urbanos muito desequilibrada em quantidade de população, em países, estados ou regiões. Ou seja, uma rede onde há grandes cidades e faltam cidades de média dimensão.

Existem vários exemplos em países subdesenvolvidos, onde a urbanização foi acelerada, formando um número pequeno de grandes cidades e um número grande de pequenas cidades, pelo fenômeno da metropolização. Podemos citar exemplos de vários países da América Latina e mesmo em várias regiões do Brasil. Na América Latina podemos citar o exemplo de Montevidéu, que concentra a metade da população do Uruguai. E no Brasil podemos citar vários exemplos em várias regiões e estados:

  • Manaus, no Estado do Amazonas que concentra a metade da população do estado, com 1 milhão e 500 mil habitantes aproximadamente.
  • Na região do Triângulo Mineiro, no estado de Minas Gerais, onde a metade da população da região concentra nas maiores cidades, Uberlândia com 615 mil habitantes e Uberaba com 290 mil habitantes.
  • Grande Rio, onde se concentra mais de 80% da população do estado e agrega maior parte das atividades estatais.