Macrodontia cervicornis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMacrodontia cervicornis
Macrodontia cervicornis. Male 155 mm 2.JPG

Estado de conservação
Status iucn2.3 VU pt.svg
Vulnerável (IUCN 2.3)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Coleoptera
Subordem: Polyphaga
Família: Cerambycidae
Subfamília: Prioninae
Género: Macrodontia
Nome binomial
Macrodontia cervicornis
(Linnaeus, 1758)

Macrodontia cervicornis é o maior e mais conhecido representante do gênero de besouros Macrodontia. Costuma se referir a esta espécie como o segundo maior coleóptero do mundo, perdendo apenas para o Titanus giganteus. A espécie pode chegar a medir o total de 17 cm de comprimento, entretanto não ganha o título de maior besouro pelo fato de que estas medidas incluem também o comprimento das longas mandíbulas (para os especialistas, o tamanho das antenas ou das mandíbulas não devem constar nas medidas do comprimento do inseto).

O besouro possui uma série de desenhos irregulares sobre seus élitros, muitas vezes lembrando desenhos tribais, algo que o faz possuir uma beleza única. Infelizmente também o faz uma vítima do risco de extinção, devido ao fato de ser uma espécie muito cobiçada por colecionadores.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Esta espécie é encontrada nas florestas tropicais da Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Guianas e Brasil. Algumas outras espécies do mesmo gênero são encontradas em todo o mundo, desde a Guatemala à até a Argentina.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • World Conservation Monitoring Centre (1996). Macrodontia cervicornis. 2006. IUCN Red List of Threatened Species. IUCN 2006. www.iucnredlist.org. Retrieved on 11 May 2006. Listed as Vulnerable (VU A1c v2.3)