Maddhab

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maddhab (em árabe مذهب , plural مذاهب madhāhib) é o termo pelo qual se conhecem no Islão as diferentes escolas ou correntes de interpretação da jurisprudência islâmica, ou fiqh.

Nos primeiros 150 anos de vida do Islão, havia muitas madhāhib; de fato, vários dos sahaba, ou companheiros de Maomé tiveram suas próprias vias de interpretação. Atualmente sobrevivem cinco dessas escolas principais, sendo quatro sunitas e duas xiitas (Zaydiyah [escola iemenita] e Ja'fariyah [escola dos doze Imames])1 .

As quatro escolas sunitas são:

As duas escolas xiitas são:

Os muçulmanos sunitas geralmente são identificados em matéria jurídica e de regulamentação como seguidores de uma destas quatro escolas. Normalmente, cada território tem uma escola dominante, e há lugares onde várias deles coexistem. Às vezes, eles têm sido descritas como "seitas", o que não é verdade, uma vez que em conjunto sunitas pensam que qualquer uma das quatro maddhabs pode orientar corretamente os muçulmanos, as diferenças entre eles, sendo o produto de argumentos diferentes, mas igualmente válidos a partir da ponto de vista da prática religiosa. Há, por exemplo, pequenas diferenças em como orar, mas o fato é que seguidores de uma maddhab podem orar sem problemas e sem confusão em locais onde se segue o rito de outra madhab.

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Madhab».
Ícone de esboço Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.