Madelyne Pryor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Madelyne Pryor
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Avengers Annual #10
Criado por Chris Claremont
Paul Smith
Características do personagem
Alter ego Madelyne ("Maddie") Jennifer Pryor
Espécie Clone/Humano (Mutante)
Afiliações X-Men
Clube do Inferno
Irmandade de Mutantes
Situação presente desconhecido
Habilidades Telepatia
Telecinesia
Teletransporte
Absorção de energia psiônica
Vários poderes místicos.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Madelyne Jennifer Pryor-Summers é uma personagem de histórias em quadrinhos da Marvel Comics, atuando principalmente nas histórias dos X-Men. Madelyne é a primeira esposa de Ciclope (Marvel Comics) , e permaneceu como membro coadjuvante dos X-Men até que uma série de traumas -ser abandonada pelo marido, perder seu filho e descobrir que era um clone de Jean Grey- levaram Maddie à aliar-se à demônios e tornar-se uma super-vilã.

História[editar | editar código-fonte]

Madelyne Jennifer Pryor apareceu primeiramente em Avengers Annual #10 como uma criança doente em um hospital. Alguns anos depois, foi introduzida na revista dos X-Men. Madelyne, que era idêntica à Jean Grey, apareceu na vida de Ciclope na época em que supunha-se que Jean estava morta após seu sacrifício na Lua (para tentar matar a Fênix Negra,que estava tentando possuir ela)[1] . Confuso pela enorme semelhança entre a moça e a sua amada, Scott se casou com ela[2] e eles tiveram um filho chamado Nathan Christopher Summers, que após ser enviado ao futuro (para salvá-lo de um vírus que o Apocalipse o infectou)se tornou o personagem Cable. Por algum tempo Madelyne permaneceu nos X-Men onde recebia o mesmo carinho que Jean.

Porém, tempos depois, Ciclope descobriu que Jean Grey estava viva , e largou a esposa e filho para estar ao lado de seu verdadeiro amor (fundando assim o X-Factor). Madelyne foi abandonada e ficou sob a guarda dos X-Men (na época dados como mortos e operando através de uma cidade fantasma no deserto australiano), onde teve um breve envolvimento com o irmão de Scott, Alex Summers.

Não tardou para que Pryor revelasse sua verdadeira origem : ela é um clone de Jean criada pelo Senhor Sinistro, com a intenção de mesclar o material genético de Scott e de Jean, concretizados no bebê Nathan, que seria o "mutante perfeito". Quando descobriu que não passava de um clone dela criado pelo geneticista, Madelyne enlouqueceu, obtendo poderes através de demônios e adotando a identidade de Rainha dos Duendes. Madelyne tenta abrir um portal entre a dimensão demoníaca do Limbo e a Terra matando seu próprio filho. Porém, ela é impedida pela ação conjunta do X-Men e X-Factor . Ao travar um duelo psíquico com Jean , Madelyne acaba morrendo .

Retorno[editar | editar código-fonte]

Madelyne reapareceu posteriormente após a saga Era do Apocalipse, encontrando-se com Nate Grey e, posteriormente sendo recrutada por Selene e entrando no Clube do Inferno. Nesta fase, Madelyne demonstra possuir poderes telepáticos e telecinéticos equivalentes ao de Jean Grey. Quando ela reencontra-se novamente com Nate, ambos descobrem que ela foi recriada graças ao poder do jovem, logo que ele chegou, confuso, à "realidade normal". Inconscientemente, ele materializou uma pessoa que lhe transmitia conforto e segurança: sua "mãe" Jean Grey. Fugindo do jovem que, apavorado com o que fez, tentou destrui-la, ela voltou ao Clube do Inferno. Porém, sempre que as ambições do grupo eram muito grandes (e havia-se o risco da perda de muitas vidas inocentes), ela ajudava seus adversários secretamente tendo, inclusive, ajudado seu "filho", Cable.

Algum tempo depois, é revelado que ela era apenas uma ilusão.

Rainha Vermelha[editar | editar código-fonte]

Exatos 23 anos após a criação de Madelyne Pryor [3] , e 18 após sua morte[4] , Madelyne ressurge misteriosamente [5] . Enquanto os X-Men estavam em uma boate para comemorar sua vitória sobre o Culto do inferno , Ciclope avista sua ex-falecida esposa no meio de uma multidão . E Maddie não tardou à atacar Utopia com sua Irmandade de Mutantes , formada por Espiral , Quimera , Martinique Jason , Mestra Mental e Lady Letal.

Pryor revela que não possui um corpo (é, na verdade, uma psique fantasma), e que apenas duas "carnes" no Universo são capazes de suportar seu poder. A primeira foi destruída irrevogalmente quando Madelyne morreu anos atrás durante a saga Inferno, e a segunda seria a já falecida Jean Grey. Durante o ataque aos X-Men, Madelyne rouba uma mecha do cabelo de Jean que Wolverine guardava consigo, com o objetivo de rastrear o corpo de Grey e hospedar sua consciência no mesmo. Porém, ela é derrotada devido ao fato de Domino ter substituído o cadáver pelo de uma humana comum . O destino final de Madelyne é desconhecido[6] .

Avengers vs. X-Men[editar | editar código-fonte]

Recentemente, no arco de histórias Vingadores versus X-Men, Madelyne ressurge nos planos de seu criador, Senhor Sinistro [7] . Planejando criar sua própria espécie e consequentemente derrotar os X-Men, é possível ver diversos clones de Madelyne Pryor no palácio Sinistro.

Poderes e Habilidades[editar | editar código-fonte]

Como era um clone de Jean Grey, possuía as mesmas habilidades que ela (telecinese e telepatia). Ao tornar-se a Rainha dos Duendes manifestou poderes malignos , que consistiam na criação de seres ocultos e rajadas psiônicas.

  • Telecinese: Sua telecinese foi enorme o suficiente para que Madelyne podia se mover, levantar e manipular objetos muito grandes, canalizar seus poderes telecinéticos para disparar poderosos, mental, explosões concussive, focar a sua energia psiônica em um campo de força quase impenetrável, e levitar-se para voar em forma justa altas velocidades. Em algumas ocasiões, ela poderia fazer imagens em sua mente tornar-se tangível
  • Telepatia : pode ler e manipular as mentes dos outros e os animais de ordem ainda mais elevados dentro de uma vasta e potencialmente ilimitado de raio. Seus poderes notáveis ​​incluem:
  • Manto Telepático :pode mascarar a sua presença seja detectado por outros. Suas habilidades podem, às vezes, passar despercebido ou ser contrariado por, mais poderosos, telepatas dependendo do seu nível de habilidade no uso de suas próprias habilidades psíquicas. Ela pode: essas defesas para os outros ao seu redor também.
  • Escudo Psiônico :Capacidade para erguer um escudo psíquico para a proteção de si mesma e de outras mentes.
  • Camuflagem Telepática Habilidade de mascarar-se, ea presença de outros povos daqueles ao seu redor. Pode disfarçar-se telepaticamente, tornando sua aparência para aqueles ao seu redor bem diferente (alterar a aparência da roupa, bem como disfarce mais envolvidos).:
  • Controle Mental :Capacidade de controlar as mentes dos outros sobre mera concentração.
  • Posse Mental:A capacidade de possuir a mente de outro, e usar esse corpo seres como ela própria.
  • Alteração Mental :apacidade de alterar as mentes dos outros pela força de vontade, mudando a sua personalidade parcial ou totalmente.
  • Ilusão Telepática : Habilidade de criar ilusões telepáticas realísticas e fazer com que as pessoas experimentem eventos que não estão realmente ocorrendo.
  • Paralisia Mental : Habilidade de criar ilusões telepáticas realísticas e fazer com que as pessoas experimentem eventos que não estão realmente ocorrendo.
  • Amnésia Mental :Habilidade de criar ilusões telepáticas realísticas e fazer com que as pessoas experimentem eventos que não estão realmente ocorrendo.
  • Rajadas Psiônicas : Pode projetar parafusos psiônicos força que não têm efeitos físicos, mas que podem afetar a mente de uma vítima, de modo a causar a dor vítima ou inconsciência e transformar alguém com morte cerebral.
  • Transferencia de Mente : É capaz de transferir a mente dela e poderes em corpos de acolhimento outros se o seu próprio corpo físico poderia ser de alguma forma ferido ou ser assinado.
  • Detecção Mental :Pode sentir a presença de outro mutante super-humano dentro de um raio pequeno, mas ainda indefinida de si mesmo percebendo as radiações mentais distintas emitidas por tal ser.
  • Indução de dor :também pode induzir a dor mental apenas tocando a testa de sua vítima.
  • Projeção Astral :Pode projetar sua forma astral do seu corpo para planos astrais ou os planos físicos. No plano físico, ela pode viajar em forma astral através de grandes distâncias. No plano astral, ela pode mentalmente criar objetos psiônicos e manipular os aspectos de seu ambiente. Ela pode se comunicar com outros astralmente através de sua própria vontade ou por contato com os pensamentos e memórias de outros.
  • Teletrasnporte Astral :Teletransporte em longas distâncias por psichocinetica manobra-se dentro e fora do plano astral (ela também foi mostrado para ser capaz de carregar o peso adicional, tal como outra pessoa, quando ela teleportado, mas seus limites nunca foram totalmente testado).
  • Cifão Psíquito :capaz de sugar as energias psíquicas de mutantes psiônicos outros. Ela poderia, então, usar a energia roubada psíquica para aumentar seus poderes próprios ou canalizar a energia para outra pessoa, geralmente Nate Grey , para aumentar temporariamente as suas capacidades psiônicas.
  • Vampirismo Psíquito :Embora não seja confirmado nas páginas de X-Man é fortemente sugerido que Madelyne ou aprendeu novos poderes de Selene e roubou alguns de seus poderes. A capacidade de teletransportar, ea capacidade de drenar energias mutantes eram ambos os exemplos de influência de Selene. Esta situação foi ainda sugerida em X-Man # 52, quando ela mostrou-se envelhecido e murcho depois de mais-exercendo seus poderes bem como Selene.
  • Faísca da Fênix :Após sua reconstituição como um ser psíquico, Pryor foi aparentemente ainda ligado à Força Fênix . Ela foi fortemente sugerido em X-Man # 33 que Madelyne é de fato uma centelha de vida da Fênix que explica por que Nate foi capaz de recriar psionicamente ela, que ela é na verdade, apenas uma massa viva de energia psiônica.
  • Feitiçaria :Madelyne possui a habilidade de lançar uma grande variedade de magias simples e complexos. Sua magia pode é tal que ela tem sido demonstrado para curar feridas, localize espíritos interdimensionalmente, e trabalham em conjunto com a ciência para restaurar a vida aos mortos longo.
  • Arpão da Realidade :capacidade de dobrar as cordas quânticas que compõem a realidade dentro de uma área localizada.

Referências

  1. Uncanny X-Men #137
  2. Uncanny X-Men #175
  3. Uncanny X-Men #168
  4. Uncanny X-Men #243
  5. Uncanny X-Men #503
  6. Uncanny X-Men #511
  7. Uncanny X-Men Vol. 2 #14