Madge Bester

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Madge Bester
Conhecido(a) por Ex-mulher mais baixa do mundo viva
Nascimento 26 de Abril de 1963 (51 anos)
África do Sul
Nacionalidade África do Sul sul-africana
Estatura 65 cm (2 ft 1,5 in)

Madge Bester (26 de abril de 1963) é uma ativista sul-africana que foi considerada a mulher mais baixa do mundo viva[1] [2] até 16 de dezembro de 2011, quando perdeu o título para Jyoti Amge. Bester mede 65 cm (2 ft 1,5 in) de altura, e foi medida em 1991. Ela sofre de osteogénese imperfeita, doença caracterizada pela fraqueza dos ossos, o que a faz usar uma cadeira de rodas para se locomover.[3] Ela também é uma defensora dos direitos dos deficientes, participando de uma conferência de imprensa sobre o assunto em 1998, acompanhada por Lin Yih-Chih, então detentor do título de homem mais baixo do mundo vivo.[4]

Bester vive em Bloemfontein. Sua mãe Winnie, que faleceu em 2001, também sofria de osteogénese imperfeita e media apenas 70 cm de altura.[2] [3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Murphy, Wendy. Orphan Diseases (em inglês). Estados Unidos: Twenty-First Century Books, 2002. p. 78. ISBN 9780761319191
  2. a b Guinness World Records 2006 (em português). Reino UnidoEdiouro, 2006. 288 pp. p. 17. ISBN 8500017635
  3. a b Sampson, Lin. Now You've Gone 'n Killed Me (em inglês). África do Sul: Oshun Books, 2005. 199 pp. p. 40-41. ISBN 9781770070493
  4. World's shortest man, woman campaign for disabled (em inglês) CNN pp. (3 de novembro de 1998). Página visitada em 11 de janeiro de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.