Magsat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Modelos do campo magnético da Terra, criados por magnetômetros sensíveis no Magsat.

Magsat (acrónimo em inglês de: Magnetic Field Satellite ou simplesmente Explorer 61) foi um satélite estadunidense lançado pela NASA com a função de realizar pesquisas do campo magnético terrestre. O satélite foi lançado em 30 de outubro de 1979 da plataforma SLC-5 na Base da Força Aérea de Vandenberg nos Estados Unidos[1] , através de um foguete Scout II. O satélite foi elevado a uma altura de 350 quilômetros em uma órbita elíptica com uma distância máxima de 550 quilômetros.

A órbita do satélite permitiu mapear a maior parte da superfície terrestre, com a exceção dos pólos geográficos. Por causa da proximidade da órbita do satélite com a atmosfera superior, sendo assim instável, fez com que o satélite caísse em 11 de junho de 1980[2] .

Ilustração do Satélite Magsat.


Referências

  1. Vandenberg Air Force Base Launch History. The Space Archive
  2. Langel R, Ousley G, Berbert J, J Murphy, e Settle M Magsat MissionGeophysical Research Letters, Vol. 9, NO. 4, Págs 243–245, 1982