Maidenhead United Football Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maidenhead United
Maidenheadunited.png
Nome Maidenhead United Football Club
Alcunhas The Magpies
Fundação 1870
Estádio York Road, Maidenhead
Capacidade 3 000
Presidente Peter Griffin
Treinador Johnson Hippolyte
Competição Conference South
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Maidenhead United Football Club é um clube de futebol de Maidenhead, Berkshire, Reino Unido. O clube foi fundado em 1870 e mudou-se para o atual estádio em York Road no ano seguinte. A Football Association reconhece que esse é o estádio mais antigo sendo usado de forma contínua no mundo.

História[editar | editar código-fonte]

O começo[editar | editar código-fonte]

As origens do futebol em Maidenhead podem ser traçadas de volta a outubro de 1870, com a formação do Maidenhead Football Club, que subsequentemente fez seu primeiro jogo em dezembro de 1870 contra o Windsor Home Park em um local perto do Rio Tâmisa. No dia 16 de fevereiro de 1871, o clube fez seu primeiro jogo no York Road contra Marlow. O local, que era um campo de críquete desde o final do século XVIII, é atualmente reconhecido como o campo de futebol há mais tempo em uso contínuo, eclipsando o Northwich Victoria F.C. que diz ter o mesmo recorde. O clube foi um dos 15 a participarem da primeira edição da FA Cup de 1871-72. Na temporada seguinte, chegaram as semifinais mas perderam para o Oxford University A.F.C.. O Maidenhead chegou as quartas de finais nas duas próximas edições, mas em 1876 desistiu de participar, e voltou no ano seguinte. Eles também participaram da primeira Berks & Bucks Senior Cup em 1878 e da primeira FA Amateur Cup em 1893.

Os primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Maidenhead FC foi membro fundador da Southern Football League em 1894, mas competir contra times como Watford, Brentford, Fulham e Brighton se tornou muito difícil, e por final acabaram caindo para a West Berkshire League, que venceram, e a Berks & Bucks League, em que terminaram em último. Em 1904, o Maidenhead FC juntou-se a Great Western Suburban League. Enquanto isso, o Maidenhead Norfolkians foi fundado em 1884 e eram membros bem sucedidos da South Bucks & East Berks League antes de se juntarem a West Berks League e a Berks & Bucks League. Em 1904 se juntaram com o Maidenhead FC na Great Western Suburban League. O Norfolkians jogavam no Kidswell Park que ainda existe até hoje, mas como parque público - e que já sediou uma final da Berks & Bucks Cup.

Spartans e Corinthians[editar | editar código-fonte]

Após a segunda guerra mundial, os dois times se juntaram sob o nome de Maidenhead Town e adotaram como uniforme listras brancas e pretas. Tiveram sucesso imediato ao vencerem a Great Western League. Em 1920, o nome "United" foi adotado e dois anos depois entraram na Spartan League. Venceram a liga três vezes nos dezenove anos em que ficaram nessa liga. Em 1936, o Maidenhead chegou a semifinal da FA Amateur Cup, mas perderam para o Ilford, em West Ham, com o público de 18.000 pessoas. Foi nessa temporada que estabeleceram o recorde de público no estádio deles de 7989 quando o Southall veio para o York Road nas quartas de final. Na temporada de 1929-30, Jack Pelethorpe estabeleceu o recorde de mais gols marcados em uma temporada pelo Maidenhead, fazendo 65 gols em 39 partidas. Mais tarde, Jack jogaria no Sheffield Wednesday F.C. e marcaria um gol na conquista da FA Cup pelo Sheffield em 1935.

Após o final da segunda guerra mundial, o clube entrou na Corinthian League. Em seis temporadas entre 1956 e 1962 o clube conquistou a liga três vezes, foram vice duas vezes, e chegaram a terceira fase da FA Amateur Cup, perdendo para o West Auckland no York Road, em frente a um público pós-guerra de 5597. Também fizeram três aparições na primeira fase da FA Cup.

Athenians e Ishtmians[editar | editar código-fonte]

Em 1963, o United entrou na Athenian League, mas não conseguiu repetir o sucesso na Corinthian League, mas em 1973 foram eleitos para a segunda divisão da Isthmian League. Tiveram um flerte com o ascenso para a Premier Division em 1979 e 1980 sob o comando de Geoff Anthony, e novamente em 1985 sob Brian Caterer e Collin Lippiatt. Isto é onde conseguiram chegar até 1987 quando o clube sofreu rebaixamento pela primeira vez em sua história, os dias ficaram piores com a destruição do camarote principal por um incêndio e problemas financeiros. Foram necessários quatro temporadas para sair da Division Two, o que foi conseguido por Martyn Spong em 1991. Um recorde da Isthmian League de 13 vitórias consecutivas no início da temporada deu impulso ao sucesso, mas o título foi perdido para o Abingdon Town no último dia da temporada. Após a saída de Spong para Enfield; Gary Goodwin, John Clements e John Watt assumiram o cargo de treinador com resultados medíocres, sendo que o clube terminava regularmente no meio da tabela. O clube precisava desesperadamente por sangue novo para reviver os sonhos de chegar a Premier Division.

Os anos de Devonshire[editar | editar código-fonte]

Então, no verão de 1996, numa tentativa de quebrar a mediocridade, o clube contratou uma nova equipe de gerenciamento, de Martyn Busby, o ex-meio campista do QPR e Notts County junto com Alan Devonshire, ex-meio campista do West Ham. Embora Busby tenha abandonado no meio da temporada, Devonshire guiou o United ao primeiro sucesso em Copas desde 1970 ao vencer a Isthmian League Full Members Cup. A temporada de 1997-98 viu o clube ter uma das maiores campanhas desde os dias da Corinthian League. O United venceu três County Cups, vencendo o Reading F.C. por 2-1 na Senior, chegando a semifinal da Full Members Cup e conseguiu o Isthmian Fair Play Award (prêmio Isthmian de Fair Play). A temporada ainda quase teve uma promoção, mas o clube terminou em quarto e faltou um ponto para alcançar o terceiro, Hampton apesar de conseguirem 81 pontos. Mais um título se juntou a coleção na próxima temporada, quando o Magpies venceu por 4-1 em casa contra o Wycombe Wanderers e conseguiu a Berks & Bucks Senior Cup

O campo de York Road

A temporada do novo milênio viu o United ter um sólido começo na campanha da Liga, perdendo um de seus onze primeiros jogos - e o de abertura. No final de março, o clube permaneceu na caça pela promoção com só cinco derrotas na liga e um lugar na Isthmian League Cup no final da temporada. Um esforço no final da temporada após tropeços salvou a campanha do time. O clube conseguiu o lugar na Premier Division na quinta-feira, 4 de maio, após uma vitóra de 1-0 sobre os campeões Croydon. Isso ocorreu logo após perder de 1-0 para o Farnborough Town na final da Isthmian League Cup em Basingstoke.

O começo da vida na Premier Division fui duro mas os ânimos foram levantados após uma memorável sequência na FA Trophy que terminou contra o Blyth Spartans. Uma boa sequência ajudou os Magpies a se livrarem do rebaixamento - em nenhum ponto da temporada, estiveram nas últimas três posições.

Uma nova parte da arquibancada de 700 foi completada em maio de 2001 aumentou a capacidade de York Road para 4500 e parte coberta para 1700. O estádio tem sido alvo de construtoras por ser um espaço somente a 30 milhas de Londres, tornando-se uma parte desejada na Inglaterra. Mas a mudança de estádio do United tem sido impedida devido a falta de lugares disponíveis na área. United continuou a consolidar seu espaço nos últimos anos do reinado de Devonshire, vencendo a County Cup em ambas temporadas.

Novos começos[editar | editar código-fonte]

No começo da temporada de 2002-03, o presidente Roger Coombs anunciou que iria renunciar no fim da temporada. Em abril de 2003, o técnico Alan Devonshire declarou sua intenção de sair do clube após a final da temporada. O verão de 2003 teve um ápice de atividade em York Road com um novo treinador John Dreyer e o assistente Phil Gray tendo que virtualmente juntar um novo time.

Na temporada de 2003-04, de forma não surpreendente, o United teve um começo instável e após sete jogos o Magpies se encontraram no fundo da tabela da liga e sem nenhuma vitória. Entretanto, uma sequência de sete vitórias em nove jogos resultou no United subindo na tabela e deu-lhes uma base para terminar na metade superior que garantiu futebol para Conference South, o nível mais alto que o clube já jogou desde os dias da Southern League no final do século XIX. Fora da Liga, John Dreyer fez sua marca na história do clube ao levar o Magpies às quarta de finais do FA Trophy, vencendo o Halifax Town A.F.C. da Conference no caminho.

Na temporada de 2004-05, o Magpies sofreu para se ajustar-se na Conference South e seguindo deslizes levaram aos últimos três do campeonato em novembro, o clube rompeu contrato com Dreyer e Gray. Em dezembro, uma nova equipe de treinadores veio de Windsor consistindo de Dennis Greene e Colin Ferguson mas apesar de uma melhora significante, não conseguiram fugir do rebaixamento. No último dia da temporada uma derrota contra o Newport County combinado com uma vitória do Carshalton Athletic rebaixou o Magpies. Entretanto, dentro de uma quinzena do final, Maidenhead foi salvo devido a falência do Hornchurch. Após um início desastroso na temporada de 2005-06, Greene foi demitido após sete jogos, e foi substituído pelo ex-assistente de Alan Devonshire, Carl Taylor. Taylor e seu assistente Tony Choules não foram mais bem sucedidos do que seus predecessores em manter o status de Nationwide South e então o clube retornou à Southern League após um século. Outra consequência foi o crescimento das dívidas e em 2005 chegou-se perto uma crise financeira. Isto foi rapidamente resolvido quando os membros votaram para encerrar o clube atual e transmitir a posse do clube para uma nova Companhia Limitada montada pelos patrocinadores Pharmalink e liderada por Una Loughrey.

Uma derrota humilhante de 5-0 para o lanterna Clevedon, somado a um começo medíocre de temporada levou o treinador Carl Taylor a sair do clube em setembro de 2006, sendo substituído por Johnson Hippolyte. Johnson Hyppolyte, conhecido como "Drax", foi indicado como substituto de Taylor e teve sucesso imediato levando o clube a primeira aparição do clube na primeira fase da FA Cup em 35 anos. O progresso na Southern League demorou mas uma fantástica sequência de 12 vitórias nos últimos 14 jogos levou os Magpies a terminarem em quarto e classificarem para os playoffs. A sequência vitoriosa continuou na semifinal em Kings Lynn e na final ao vencerem o Team Bath por 1-0, levando o clube de volta a Conference South um ano depois do rebaixamento.

O Magpies teve dificuldades em seu retorno a Conference South em 2007, com os jogos em casa sendo um problema frequente, mas a primeira fase da FA Cup foi alcançada pelo segundo ano seguido, e uma sequência vitoriosa de jogos em abril preservou o United na divisão da Conference South. Tendo sobrevivido à primeira temporada de volta à Conference South, Johnson Hippolyte fortaleceu significantemente o time durante o verão e no começo da temporada de 2008-09 era claro que o time poderia lutar pela promoção. Em uma segunda feira, 1 de setembro, o Magpies estava no topo da Conference South pela primeira vez em sua história e permaneceu seguidamente até o outono. Entretanto, o impacto no crédito financeiro do clube resultou em que os salários não poderiam ser pagos, e o elenco começou a se desmanchar. Com subsequente recusa de garantias, a fim de manter o time até os playoffs, quaisquer chances de promoção foram perdidas. Entretanto, o time conseguiu se manter em sexto, um recorde para o clube, sendo a melhor campanha em sua história.

Na temporada 2009-10, restrições no orçamento significaram que as expectativas eram moderadas e com um time novo e jovem, ainda não testado. O time teve dificuldades no começo, mas aumentou visivelmente de confiança e conseguiu se salvar do rebaixamento com um pouco de dificuldade. A campanha terminou com o moral alto quando a County Cup foi reconquistada com uma emocionante vitória por 3-2 sobre o forte time de Wycombe Wanderers.

Nota[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]