Make Love, Not Warcraft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Make Love, Not Warcraft"
8º episódio da 10ª temporada de South Park
Stan, Kyle, Cartman e Kenny jogando "World of Warcraft".
Informação geral
Escrito por Trey Parker
Direcção Trey Parker
Exibição original 4 de outubro de 2006
Cronologia
Último
Último
"Tsst"
"Mystery of the Urinal Deuce"
Próximo
Próximo

"Make Love, Not Warcraft" é o episódio #147 da série de desenhos animados adultos South Park exibida pela Comedy Central. Foi ao ar originariamente em 4 de outubro de 2006. O episódio satiriza jogadores do popular video game World of Warcraft (do tipo MMORPG, sigla em inglês para jogos eletrônicos que permitem múltiplos jogadores).

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um maníaco por vídeo games MMORPG que gosta de provocar os outros participantes (em inglês, griefer) chamado Jenkins (em referência a Leroy Jenkins)[1] repetidamente mata os personagens dos garotos de South Park do jogo "World of Warcraft". Jenkins é silencioso, obsessivo, adulto, obeso e que absolutamente "não vive". De acordo com o explicado pelos consultores da Blizzard Entertainment, um griefer é uma pessoa que joga quase todas as horas de quase todos os dias há um ano e meio, desde que o jogo foi lançado. Devido a isso, ele alcançou um nível não previsto pelos criadores do jogo, capaz de desobedecer as regras da Blizzard Entertainment e matar os outros jogadores, mesmo os especialistas e criadores. O pai de Stan, Randy, fica interessado em participar mas seu personagem não sobrevive a um encontro com Jenkins. Os desenvolvedores do jogo percebem que não podem parar o griefer, pois não podem matar "alguém que não vive".

Cartman reune os garotos de South Park para atacarem o griefer juntos. Quando a batalha começa, Jenkins solta escorpiões que rapidamente eliminam os meninos. Os meninos desistem do jogo e procuram outros passatempos. Os executivos da Blizzard temem que os participantes fiquem frustrados e com isso o jogo seja retirado do catálogo. Mas Cartman não se conforma em ter sido morto e convence Stan, Kyle e Kenny a continuarem jogando. Pelos dois meses seguintes, os meninos entram no jogo 21 horas por dia, usando a estratégia de se esconderem na floresta e matar javalis, de pequena pontuação mas que quando feito repetidamente permite aos jogadores acumularem muitos pontos (acompanhados da canção Live to Win de Paul Stanley)[2] . Nesse processo, os meninos se tornam preguiçosos, cabeludos e bem gordos. Ficam com acnes e só consomem salgadinhos, energéticos e sopas instantâneas. Começam a desenvolver um vocabulário da internet, usando termos tais como "über", "pwn" e "r-tard" em suas conversas. Os personagens dos meninos se tornam poderosos e isso chama a atenção dos executivos da Blizzard, que percebem uma chance de deter o griefer e evitar o fim do Warcraft. Contudo, eles estimam que mesmo com o aumento do poder dos personagens dos meninos, a probabilidade de falharem contra Jenkins é ainda de 90%.

Eles resolvem ajudar os meninos e lhes dão a espada mágica das "Mil Verdades", uma arma muito poderosa e que foi removida do jogo. Foi armazenada num arquivo chamado "Salzman da contabilidade" para eventualmente ser recuperada e utilizada no caso de grande necessidade. Para ser usada contudo, os meninos devem batalhar no mínimo durante dezessete horas contra o griefer, o que os executivos não acham possível. Eles vão à casa de Stan com o pendrive que armazena a arma mas os meninos estão com Cartman. Randy conta aos executivos que ele, apesar de ser um "n00b", pode se logar no jogo e entregar a espada a eles online. Com relutância, os executivos dão a Randy a espada e ele entra no jogo mas logo é mortalmente ferido pelo griefer. Furioso, Stan ataca o griefer com a espada, ferindo Jenkins. Os meninos golpeiam Jenkins e Cartman esmaga a cabeça de Jenkins com a marreta de seu personagem.

Vários jogadores de World of Warcraft que estavam escondidos aparecem para comemorar a eliminação do griefer, saudando os meninos como heróis. Stan pergunta o que farão a seguir e Cartman responde que "finalmente poderemos jogar".

Produção[editar | editar código-fonte]

A técnica conhecida por "Machinima" foi muito usada em "Make Love, Not Warcraft", mesmo que de uma forma incompatível com o jogo World of Warcraft. [3] O episódio chegou a ser anunciado como sendo o #145 da série mas as dificuldades para a utilização do machinima adiaram a sua transmissão.[4]

Colaboração[editar | editar código-fonte]

Os criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, colaboraram com a Blizzard Entertainment no uso do machinima no episódio. Na verdade, causou surpresa que a companhia ajudasse na produção. As cenas do machinima foram criadas usando cenários de jogos e recriando personagens em 3D com o Maya, com a Blizzard Entertainment fornecendo seus próprios modelos de personagens e seus próprios computadores.[4] Blizzard também deu permissão aos produtores para usarem a extensão World of Warcraft: The Burning Crusade como cenário.[4] Michael Morhaime, presidente e co-fundador da Blizzard Entertainment, falou sobre a colaboração:

"Nós ficamos excitados quando ouvimos que os criadores de "South Park" estariam interessados em usar o World of Warcraft na abertura da nova temporada da série, e prontamente colaboramos para que isso de fato ocorresse."[5]

Desde que o episódio foi ao ar, a fictícia "Espada das Mil Verdades" foi incluida em World of Warcraft: The Burning Crusade como um prêmio para os jogadores, mas não possui as mesmas capacidades da do desenho. "[6] A espada teve o nome mudado para Assassino Gladiador. O visual do episódio é o mesmo no jogo The Hungering Cold. Recentemente, a espada reapareceu na expansão World of Warcraft: Wrath of the Lich King como Assassino de não-viventes (em referência a um diálogo no desenho, já citado).

Atraso[editar | editar código-fonte]

Previsto para ir ao ar em 1 de setembro de 2006, a produção do machinima levou a que fosse adiado para 20 de setembro de 2006, e finalmente foi exibido em 3 de outubro de 2006.[4] A animação normal de South Park foi realizada simultaneamente .[4] [7]

O fictício Video game jogado por Butters, Hello Kitty: Island Adventure, foi citado como piada de primeiro de abril em 2008 do jogo MMORPG Hello Kitty Online, anunciado como uma expansão chamada "Island Adventure".[8]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O episódio tirou nota 9.3[9] e foi considerado "um dos mais engraçados da série" pelo site IGN.[9]

Em sua exibição original, o episódio foi assistido por 3.4 milhões de agregados familiares,[10] sendo um dos episódios de meia temporada mais assistidos do Comedy Central. Contudo, a maior audiência da décima temporada foi o episódio de abertura "The Return of Chef".[11]

Em 2007, o episódio ganhou o Primetime Emmy Award para programas de animação de menos de uma hora.[12]

Em 2008, os fãs do Reino Unido votaram como seu episódio favorito numa lista dos dez melhores episódios da série.

Referências

  1. South Park official FAQ southparkstudios.com. Visitado em 20-12-2007.
  2. Flynn, Gillian (27-10-2006). TV Review South Park Entertainment Weekly. Visitado em 06-10-2008.
  3. Dave Spohn (01-10-2006). World of Warcraft Meets "South Park" internetgames.about.com. Visitado em 12-11-2006.
  4. a b c d e "Make Love, Not Warcraft" interview machinima.com (15-11-2006). Visitado em 19-11-2006.
  5. South Park celebrates 10 groundbreaking seasons!!! blizzard.com. Visitado em 04-11-2006. Cópia arquivada em 20-10-2006.
  6. Alexander Sliwinski (13-10-2006). The Sword of a Thousand Truths in Burning Crusade Beta Joystiq. Visitado em 06-06-2008.
  7. Parker, Trey; Stone, Matt. South Park season 10 DVD commentary for the episode "Make Love, Not Warcraft" [DVD]. Comedy Central.
  8. Whitcomb, Daniel (02-04-2008). Breaking News: Hello Kitty Island Adventures expansion announced! WoW Insider. Visitado em 02-09-2008.
  9. a b Dan Iverson (05-10-2006). South Park: "Make Love, Not Warcraft" review tv.ign.com. Visitado em 13-11-2006.
  10. TV/Radio notes, Pittsburgh Post-Gazette, October 12, 2006
  11. Reuters (24-03-2006). Chef's grisly exit is a South Park hit smh.com.au. Visitado em 14-11-2006.
  12. 2007 Primetime Emmy Awards nominations Academy of Television Arts & Sciences (08-09-2007). Visitado em 09-01-2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]