Malá Strana (Praga)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Malá Strana (em alemão: Prager Kleinseite) é um dos distritos de Praga, República Checa e uma de suas mais importantes áreas históricas. Seu nome traduzido para a língua portuguesa seria “pequeno lado” (ou “setor menor”), embora seriam mais utilizáveis os termos "Cidade Inferior" (Inferior - de baixo e/ou menor), "Bairro Inferior" ou " Setor Inferior".

Seu nome se originou do fato da sua posição ser à margem esquerda (oeste) do Rio Moldava (em checo Vltava), nas encostas da montanha onde fica o Castelo de Praga, em oposição às maiores áreas da cidade que ficam na margem direita (leste) do rio, com as quais se junta através da Ponte Carlos (Karlův most).

Durante a Idade Média era o centro dominante da etnia alemã de Praga. Também ali havia palácios da nobreza, enquanto que na margem direita vivia a camada mais burguesa e mais tcheca da população.

História[editar | editar código-fonte]

Num passado distante, a Malá Strana era chamada Malé Město Pražské (Cidade Pequena de Praga) e fora criada em 1257 pela junção de vários assentamentos que ficavam nas proximidades do Castelo de Praga sob uma administração única. Essa união foi feitas durante o reinado de Otacar II da Boêmia. A cidade então recém fundada teve permissão para ser Cidade Real e muitos mais privilégios. Os residentes eram em sua maioria artesão s Alemães, que haviam sido convidados pelo rei a ali se estabelecerem. Mesmo sendo uma cidade real, a mesma não dominava toda Praga. Em meados desse século XII seu nome foi mudado para Malá Strana.

  • A praça do Mercado, hoje chamada Malostranské náměstí, era um dos pontos mais centrais de Praga e esa praça era dividida em duas, parte alta e parte baixa, separadas pela Igreja de São Nicolau.
  • Assim como ocorre por toda Praga, ali se veem traços ds desenvolvimentos promovidos por Carlos IV de Luxemburgo , como, por exemplo, o “Muro dos Famintos”.
  • Em 1541, a bela cidade de Carlos foi danificada por incêndios e por diversas guerras, ficando quase toda destruída.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

Vista de Mostecká em direção a Malostranské Náměstí com a Igreja de São Nicolau ao fundo, longo após o nascer do sol.
Vista da Torre da Ponte ao fim da Ponte Carlos no lado de Malá Strana.

A escultura barroca predomina em Malá Strana, embora a história do distrito seja anterior à era do estilo barroco.. O Barroco veio a dominar em Malá Strana com o sucesso de sua implantação depois dos incêndios que a devastaram em 1541.

Pontos de interesse[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Praga - Guia. Pela Editora ARTFOTO- em Russo

50° 05′ N 14° 24′ E