Mami Wata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Contemporâneo cartaz de uma Mami Wata, "serpente priestess" pintado pelo artista alemão Schleisinger (Hamburg), ca. 1926, exibida em santuários como uma imagem popular de Mami Wata, na África e na diáspora. 1 2

Mami Wata é um panteão de espíritos ou divindades da água, adorados na África Ocidental, África Central, e África Austral e na diáspora africana, nas Caraíbas e partes da América do Norte e América do Sul.

Atributos de Mami Wata[editar | editar código-fonte]

Aparência

Alguns devotos e iniciados têm relatado a antropólogos que Mami Wata é normalmente descrita em excessos. Ela possui uma beleza não humana, cabelos longos não naturais, e uma tez mais leve do que o normal.

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Jell-Bahlsen 1997, p. 105
  2. Chesi 1997, p. 255)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mami Wata

Ver também[editar | editar código-fonte]