Mamulengo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mamulengo é um tipo de fantoche típico do nordeste brasileiro, especialmente no estado de Pernambuco[1] . A origem do nome é controversa, mas acredita-se que ela se originou de mão molenga[2] - mão mole, ideal para dar movimentos vivos ao fantoche.

Característica[editar | editar código-fonte]

Para o folclorista Câmara Cascudo, o mamulengo é o mesmo que o guignol francês ou algo de não importância e o pupazzi italiano. Em todos eles há uns panos à frente, atrás dos quais se escondem um ou mais manipuladores que dão voz e movimento aos bonecos.[1]

Suas apresentações eram em praça pública, em geral nos arrabaldes durante os festejos religiosos, apresentando temática em geral bíblica ou sobre atualidades.[1]

O mamulengo faz parte da cultura popular nordestina, sendo praticada desde a época colonial. Retrata situações cotidianas do povo que a pratica, geralmente situações cômicas e sátiras.

Museu[editar | editar código-fonte]

Na cidade de Olinda o Espaço Tiridá - Museu do Mamulengo procura preservar a tradição dos bonecos, contando em seu acervo com cerca de mil e quinhentas peças, além de realizar apresentações diárias.[2]

O Museu é mantido pela Prefeitura de Olinda, mantendo peças antigas e preservando a memória de mestres populares desta arte, como Saúba, Tonho de Pombos, Luiz da Serra, Pedro Rosa, Zé Lopes, Antônio Biló, Manuel Marcelino, etc.[2]

Em Glória do Goitá, cidade da zona da mata de Pernambuco, conhecida como o "O Berço do Mamulengo", também há o Museu do Mamulengo, que é dirigdo pela Associação dos Mamulengueiros e Artesãos da Glória do Goitá, promovendo sempre apresentações e oficinas. Sem contar que, no próprio museu, podemos encontrar artesãos e mamulengueiros diariamente. Além de vivenciar o folguedo, ainda há bonecos reservados para venda, confeccionados pelos próprios artesãos e pelos Mestres José Lopes e Bila.

Referências

  1. a b c CASCUDO, Luís da Câmara, verbete Mamulengo em Dicionário do Folclore Brasileiro
  2. a b c DIB, André, Museu do Mamulengo – Espaço Tiridá (página acessada em 17 de fevereiro de 2009)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.