Manaém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Manaém
Nascimento  ? em ?
Morte Século I
Veneração por Igreja Católica; Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 23 de maio na Igreja Ortodoxa[1] ; 24 de maio na Igreja Católica[2]
Gloriole.svg Portal dos Santos

Manaém ou Manahen (em hebraico: מנחם) foi um mestre da Igreja de Antioquia e o irmão adotivo (Gr. syntrophos, Vulg. collactaneus) de Herodes Antipas.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe da vida do Manaém. Ele é dito ser um daqueles que, sob a influência do Espírito Santo, impuseram as mãos sobre Saulo e Barnabé e enviaram os dois apóstolos no primeiro dia de viagens missionárias de Paulo[4] . Uma vez que Lucas era de Antioquia, não é improvável que Manaém fosse um dos "profetas e doutores" da Igreja de Antioquia e uma das "testemunhas oculares e ministros da palavra"[5] , que entregou a Lucas os detalhes que esse escritor sagrado tem a respeito de Antipas e outros membros da família herodiana (Lucas 3:1, 19, 20; 8:3; 9:7-9; 13:31, 32; 23:8-12 , Atos 12). Ele pode ter se tornado um discípulo de Jesus com "Joana, mulher de Cuza, administrador de Herodes"[6] .

Em 39 d.C, Antipas partiu para Roma para ganhar o favor de Calígula, mas recebeu uma ordem de exílio perpétuo. (Jos., "Ant.", XVIII, vii, 2). Durante este tempo, a Igreja de Antioquia foi fundada por judeo-cristãos, que "tinham sido dispersos pela perseguição que se sucedeu por ocasião do Estêvão" e tinha ensinado o Evangelho também aos gregos da Antioquia[7] . É bastante provável que Manaém tenha sido um desses fundadores da Igreja de Antioquia.

Referências

  1. Ὁ Προφήτης Μανὴν. 23 Μαΐου. ΜΕΓΑΣ ΣΥΝΑΞΑΡΙΣΤΗΣ.
  2. May 24. The Roman Martyrology.
  3. Wikisource-logo.svg "St. Manahen" na edição de 1913 da Catholic Encyclopedia (em inglês)., uma publicação agora em domínio público.
  4. Atos 13:3
  5. Lucas 1:2
  6. Lucas 8:3
  7. Atos 11:19-24