Manoelita Lustosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Nota: A Wikipédia não é um jornal, se pretende elaborar um resumo das notícias recentes relacionadas a esse evento utilize o Wikinotícias que é a Wiki adequada a essa função.
Editado pela última vez em 8 de julho de 2014.

Manoelita Lustosa
Nascimento 25 de março de 1942
Pirapora, MG,  Brasil
Morte 1 de julho de 2014 (72 anos)
Belo Horizonte, MG,  Brasil
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Manoelita Lustosa (Pirapora, 25 de março de 1942 - Belo Horizonte, 1 de julho de 2014)[1] foi uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Atriz, cantora e radialista Manoelita Lustosa, mineira de Pirapora e criada em Sete Lagoas, tem uma história de vida repleta de lutas que acabaram levando-a a viver momentos especiais na área artística.

Filha de pai pernambucano e mãe mineira, ainda menina ela vivia em cima de uma cadeira imitando os ídolos do rádio.

Já casada, ao mudar-se para Timóteo, no Vale do Aço, Manoelita Lustosa entrou para a carreira política, assumindo em períodos distintos as secretarias municipais de cultura de Timóteo e Coronel Fabriciano.

Graduada em Letras e Filosofia, Manoelita também é jornalista e escritora de contos e poemas, cuja maioria ainda se mantém inédita.

A mudança para Belo Horizonte no início da década de 90 marcou mais um capítulo na vida da atriz, que estreou profissionalmente em teatro em 1994, no espetáculo “Tio Vânia”, de Tchecov, sob a direção de Luiz Carlos Garrocho e Walmir José.

Posteriormente, fez o musical “Na Era do Rádio”, com direção de Pedro Paulo Cava, seguido de uma série de comédias ao lado de Ílvio Amaral, entre as quais “A Comédia dos Sexos” e “É dando que se recebe”.

Na TV, fez participação em "Laços de Família" e trabalhou em "Mulheres Apaixonadas", "Esmeralda", "JK" e "Antonia".

No cinema, Manoelita Lustosa participou dos filmes "Depois Daquele Baile" e "Os 12 Trabalhos" (2007).

Em 2007, participou da novela "Maria Esperança", do SBT. Em seguida, transferiu-se para a Record onde integou o elenco da novela "Amor e Intrigas" (2007/08), "Poder Paralelo" (2009/10) , "Vidas em Jogo" (2011/12) e "Balacobaco" (2012/13).

Seu último trabalho foi como a japonesa Terezinha Cho na novela "Dona Xepa" também da Rede Record.

Em 1 de julho de 2014, a atriz falece devido a insuficiência respiratória. [2] [3] [4] [5] [6]

Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel
2003 Mulheres Apaixonadas Inês Oliveira
2004 Esmeralda Rosário
2006 JK Parteira
2007 Maria Esperança Filomena Beiju (Filó)
Amor e Intrigas Telma Dias
2009 Poder Paralelo Lurdes Leme
2011 Vidas em Jogo Nelize
2012 Balacobaco Etelvina Pedrosa
2013 Dona Xepa Terezinha Cho

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Morre a atriz Manoelita Lustosa, vítima de insuficiência respiratória (em português). Portal O Planeta TV (1º de julho de 2014). Página visitada em 1º de julho de 2014.)
  2. Record lamenta a morte de Manoelita Lustosa. Notícias - Rede Record (01 de julho de 2014). Página visitada em 08 de julho de 2014.
  3. Morre a atriz de novelas Manoelita Lustosa, aos 72 anos. Ilustrada - Folha de S. Paulo (01 de julho de 2014). Página visitada em 08 de julho de 2014.
  4. UOL SP (01 de julho de 2014). Morre a atriz Manoelita Lustosa, vítima de insuficiência respiratória. UOL Televisão. Página visitada em 08 de julho de 2014.
  5. Caras Digital (01 de julho de 2014). Morre a atriz Mnaoelita Lustosa. Caras. Página visitada em 08 de julho de 2014.
  6. Atriz Manoelita Lustosa morre aos 72 anos em Belo Horizonte. G1 MG (01 de julho de 2014). Página visitada em 08 de julho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.