Manos e Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manos e Minas
Manos e Minas.jpg
Logotip do programa
Informação geral
Formato Programa de auditório
Gênero Música
Duração 1 hora
País de origem  Brasil
Idioma original Língua portuguesa
Produção
Diretor(es) Marcelo Costa
Produtor(es) Fabiana Juelli
Carol Afonso
Apresentador(es) Max B.O.
Anelis Assumpção
Elenco Max B.O.
Anelis Assumpção
Cris
Alessandro Buzo
Emicida
outros
Tema de abertura 2008
Exibição
Transmissão original 2008– presente
N.º de temporadas 3

Manos e Minas é um programa de televisão brasileiro produzido e exibido pela TV Cultura. Atualmente é apresentado por Max B.O e Anelis Assumpção.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O universo do jovem da periferia e o resgate de histórias da cultura brasileira e internacional são marcas registradas do programa, que é exibido nas noites de sábado e com reprise no domingo. Comandada pelo rapper Max B.O., a atração aposta nos segmentos de música, esporte, danças, comportamento, artes plásticas e cinema.

Filmado no Teatro Franco Zampari, em São Paulo, conta com a participação da platéia para o debate de reportagens. Ritmos como rap, funk, reggae, break, grafitti e samba estão ainda presentes na programação, com apresentação de artistas populares e dançarinos. Contém quadros de reportagem, incluindo com Alessandro Buzo e Emicida, entrevistas (realizadas por Ferréz), participações especiais de pessoas envolvidas com o rap, "caça-talentos" e leitura de comentários dos espectadores.

Anúncio de encerramento e repaginação (2010)[editar | editar código-fonte]

O programa foi extinto em agosto de 2010 quando João Sayad, que havia recentemente se tornado presidente da TV Cultura, decretou o fim do Manos e Minas junto com outros programas.[1] Tal fato gerou revolta dos apreciadores da cultura de rua, com uma manifestação no twitter (mais notadamente a tag #SalveoManoseMinas, que alcançou os trending topics locais) noticiada nos grandes sites de notícia do Brasil.[2]

Como uma forma de tentar restabelecer o programa, Kamau, Emicida, Gisele Coutinho e membros de diversos sites relacionados à cultura hip hop enviaram uma carta ao senador Eduardo Suplicy, que manifestou apoio ao retorno do programa.[3] Junto a ele, personalidades como Mano Brown e KL Jay, membros do grupo Racionais MC's divulgaram sua opinião em entrevistas e vídeos.[4] Quase três semanas depois, Sayad volta atrás e mantém o Manos e Minas na grade da emissora e promete uma reformulação total na estrutura.[5]

Manos e Minas voltou ao ar em 27 de novembro de 2010, quase cinco meses depois da sua última exibição com diversas mudanças. Max B.O continua sendo o apresentador, agora ao lado da cantora e compositora Anelis Assumpção. Projeto Nave se tornou a "banda residente" do programa, que mistura vários gêneros musicais. O cenário de grafites recebeu mudanças feitas pela OPNI (Objetos Pixadores Não Identificados) e as cadeiras da plateia foram substituídas por um contato mais próximo com o artista convidado. Os quadros de Emicida e Alessandro Buzo irão alternar durante as semanas.[6] Para este programa, foi convidado o rapper Dexter, ex-integrante do 509-E.[7]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Período Apresentador Ref.
Abril de 2008 - dezembro de 2008 Rappin' Hood [8] [9]
Abril de 2009 - dezembro de 2009 Thaíde [10] [11]
Abril de 2010 - presente Max B.O [11]

Referências

  1. Começa reformulação na TV Cultura - politica - Estadao.com.br www.estadao.com.br. Página visitada em 08-Agosto-2010.
  2. Fim do Manos e Minas causa protestos no Twitter entretenimento.r7.com. Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  3. Coletivo MTV. Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  4. Folha.com - Videocasts - Mano Brown fala sobre o fim do programa "Manos e Minas" na TV Cultura - 23/08/2010 Folha.com. Página visitada em 30-Agosto-2010.
  5. Folha.com - Ilustrada - TV Cultura diz que "Manos e Minas" será mantido - 24/08/2010 Folha.com. Página visitada em 30 de agosto de 2010.
  6. TV - Manos e Minas repaginado Yahoo! Noticias. Página visitada em 1 de dezembro de 20101.
  7. Central Hip-Hop - 2010 - Bocada Forte - Nós Trabalhamos Pelo Hip-Hop Brasileiro centralhiphop.uol.com.br. Página visitada em 1 de dezembro de 2012.
  8. AdNews - Rappin'Hood estréia "Manos e Minas", na TV Cultura www.adnews.com.br. Página visitada em 12 de maio de 2010.
  9. ferrez: Rappin Hood se desliga do Manos e Minas (Fábio Rogério) ferrez.blogspot.com. Página visitada em 12 de maio de 2010.
  10. THAIDE É O NOVO APRESENTADOR DO MANOS E MINAS www.noticiario-periferico.com. Página visitada em 12 de maio de 2010.
  11. a b TV Cultura, a TV que faz bem www.tvcultura.com.br. Página visitada em 12 de maio de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]