Manuel Asur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Manuel Asur González García (Güeria Carrocera, Samartín del Rei Aurelio, Asturias, 1947) poeta espanhol em asturiano e castelhano. Manuel Asur é doutor em Filosofia. Ensaísta. Articulista do jornal regional "La Nueva España", de Asturias. Trabalha na Consejería de Medio Rural y Pesca del Principado de Asturias, Espanha.


  • Cancios y poemes pa un riscar (1977)
  • Camín del cumal fonderu (1978)
  • Vívese d'oyíes: Poemes bilingües (1979)
  • Congoxa que ye amor (1982)
  • Destruición del poeta (1984)
  • Hai una llinia trazada (1987)
  • Poesía 1976-1996 (1996).
  • Orbayos (2002)
  • El libro de las visitas (2003). Em espanhol.
  • Lo que dice la caracola (2007). Em espanhol.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.