Manuel José de Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel José
Informações pessoais
Nome completo Manuel José de Jesus
Data de nasc. 9 de Abril de 1946 (68 anos)
Local de nasc. Vila Real de Santo António, Vila Real de Santo António,  Portugal
Informações profissionais
Clube atual Al-Ahly (Egipto)
Posição Treinador
Times que treinou
1985-1986
1987-1990
1990-1991
1991-1996
1996
1996-1998
1999-2001
2001-2002
2002-2003
2003-2009
2009-2010
2010-2011
2011-2012
Portugal Sporting
Portugal Sp. Braga
Portugal Sp. Espinho
Portugal Boavista
Portugal Marítimo
Portugal Benfica
Portugal U. Leiria
Egito Al-Ahly
Portugal Belenenses
Egito Al-Ahly
Angola Angola
Egito Al-Ittihad
Egito Al-Ahly

Manuel José de Jesus Silva ComM (Vila Real de Santo António, Vila Real de Santo António, Portugal, 9 de Abril de 1946) é um treinador de futebol português[1] .

Treinou o Espinho, o Vitória de Guimarães, o Portimonense SC, o Sporting Clube de Portugal, o Sporting Clube de Braga, o Boavista FC, o Marítimo Sport Clube, o Sport Lisboa e Benfica, o União de Leiria e Os Belenenses. Foi no Boavista FC onde atingiu maior sucesso em Portugal, com uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira (1991/92).

Em 2001, mudou-se para o Al-Ahly, clube do Egito, onde já ganhou quatro campeonatos (2004/05, 2005/06, 2007/08 e 2010/11), quatro Ligas dos Campeões Africanos (2001, 2005, 2006 e 2008), duas Supertaças de África (2001 e 2006) e duas Supertaças do Egito. Ao todo, são treze troféus, incluindo seis internacionais, o que o torna o treinador com mais títulos internacionais do futebol português.

A 6 de Junho de 2008 foi feito Comendador da Ordem do Mérito.[2]

Em maio de 2009 foi anunciado como treinador da Seleção Angolana de Futebol, assumindo funções a partir de 1 de junho do mesmo ano. A 13 de fevereiro de 2010 abandonou o comando técnico dos "Palancas Negras".[3] [4] Embora com contrato até fim de junho de 2010, houve rescisão, de mútuo acordo, e abandonou a seleção de Angola no dia 13 de fevereiro viajando para Portugal. Regressou depois ao Al-Ahly.

Esteve envolvido na Tragédia de Port Said em 1 de fevereiro de 2012, tendo sido agredido mas sem gravidade, regressando a Portugal três dias depois.[5]

Referências

  1. Manuel José ZeroZero.pt. Visitado em 7 de maio de 2013.
  2. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2014-09-20. "Resultado da busca de "Manuel José de Jesus Silva"."
  3. CAF.com (11 de Maio de 2009). Al-Ahly's Manuel Jose to become Angola Boss (em inglês).
  4. Jornal Record (13 de Maio de 2009). Angola confirma Manuel José.
  5. "Levei socos e pontapés mas agora estou bem" O Jogo (1 de fevereiro de 2012). Visitado em 1 de fevereiro de 2012.


Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.