Manuel Lanzini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel Lanzini
Manuel Lanzini
Informações pessoais
Nome completo Manuel Lanzini
Data de nasc. 15 de fevereiro de 1993 (21 anos)
Local de nasc. Ituzaingó,  Argentina
Nacionalidade  Argentina,  Itália
Altura 1,69 m[1]
Destro
Apelido La Joia, Ojón, Manu, Nolo
Informações profissionais
Clube atual =Emirados Árabes Unidos Al Jazira
Número 10
Posição Meia
Clubes de juventude
2002–2010 Argentina River Plate
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2010–2014
2011–2012
2014–
Argentina River Plate
Brasil Fluminense (emp.)
=Emirados Árabes Unidos Al Jazira
0083 000(12)
0037 0000(5)
0008 0000(3)
Seleção nacional
2013 Flag of Argentina.svg Argentina Sub-20 0004 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 18 de novembro de 2014.


Manuel Lanzini (Ituzaingó, 15 de fevereiro de 1993) é um futebolista argentino que atua como meia[2] [3] . Atualmente, joga pelo Al Jazira[2] [3] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

River Plate[editar | editar código-fonte]

Conhecido pelos torcedores do River Plate como La Joia, usava a camisa 10 na equipe de juniores, onde se destacou junto a Erik Lamela. Na equipe principal, usou a camisa 20, jogou 22 jogos, dando 3 assistências, mas não marcou nenhum gol.[4]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Com o rebaixamento do River, a diretoria resolveu emprestar Lanzini ao Fluminense para colocá-lo novamente na vitrine do futebol europeu, embora ele tenha vindo ao Brasil como o passe estipulado em contrato, dando preferência de compra ao Fluminense. Manuel foi apresentado no Fluminense junto a Alejandro Martinuccio e Rafael Sóbis, no dia 21 de julho de 2011, dia do aniversário de 109 anos do clube. Lanzini vestiu a camisa 11 do Flu, antes pertencente ao ídolo Darío Conca, tendo estreado com atuação destacada na vitória do Fluminense sobre o Figueirense, por 3 a 0, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, disputada no dia 17 de agosto de 2011.

Lanzini marcou seu primeiro gol da carreira jogando pelo Fluminense, onde o tricolor venceu o São Paulo por 2 a 1. Manuel Lanzini dedicou o gol para sua mãe. Ele continuou jogando muito bem pelo Fluminense, onde seguiu até a metade de 2012. Neste ano, marcou um gol contra a Portuguesa pelo Campeonato Brasileiro. Este gol foi importante na conquista do Brasileirão. Porém, Manuel voltou do empréstimo para o River Plate, onde passou a vestir a camisa 10.

Volta ao River Plate[editar | editar código-fonte]

Recebeu a camisa 10 e no dia 5 de maio de 2013, Lanzini entrou para a história. Ele marcou o gol mais rápido do clássico do River contra o Boca Juniors, aos 45 segundos.[5] [6] Também marcou na vitória sobre o All Boys por 2 a 0 em 12 de maio de 2013.[7] Fez mais um gol na vitória por 2 a 1 contra o Independiente no dia 9 de junho de 2013.[8]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Manuel Lanzini é filho do ex-jogador Héctor Lanzini, ex-meia de clubes como Sporting Cristal, do Peru, e Deportivo Morón, da Argentina. É também irmão do meia Tomás Lanzini, de 20 anos, que atuou pelo Platense, da Argentina, e pelo Unión San Felipe, do Chile, e que atualmente defende o Ñublense, do Chile.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fluminense
Boca Juniors

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]