Manuel de Seabra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Ernesto Manuel de Seabra Ferreira Bértolo (Lisboa, 7 de julho de 1932) conhecido como Manuel de Seabra, é um escritor, jornalista, e tradutor português.

É especializado em tradução para o português de literatura catalã. Entre os livros que traduziu estão Fèlix Cucurull i Tey, Pere Calders, Salvador Espriu i Víctor Mora Pujadas, e publicou antologias de poetas catalães e contista (contos Horror Catalão, 1950).

Nasceu em Lisboa, de uma família aristocrática empobrecida, estudou história e filosofia e fez escola de atores no Conservatório de Lisboa. Devido ao seu engajamento político contra o regime de Salazar, foi preso e teve de sair de Portugal, viveu na Suécia, França e Grã-Bretanha, viveu em Londres, onde trabalhou na emissora BBC. Vive intermitentemente desde 1954 em Barcelona e Lisboa, onde foi correspondente para o Today. Também escreveu ficção e traduções da poesia de Mao Zedong e Vladimir Maiakovski, Mikhail Bulgakov e romances de Jorge Amado. Em 1999 foi eleito presidente da ACEC Colegiada (Associação de Escritores de Catalunya). Membro correspondente do Instituto de Menezes Braganza, em Goa. Em 2001 o governo catalão concedeu-lhe a Cruz de São Jorge.[1]

Junto com sua esposa Vimala Devi, criou O Grande Dicionário Português-Catalão.

Em português[editar | editar código-fonte]

  • Eu e o diabo (1950)
  • Cântico necessário (1954)
  • Terra de ninguém (1959)
  • O retrato esboçado (1960)
  • O fogo sagrado (1961)
  • Os sobreviventes (1965)
  • 85 poemas realistas (1974)
  • Os rios sem nome (1982)
  • A literatura indo-portuguesa (1971), com Vimala Devi
  • Os exércitos de Paluzie (1982)
  • Conheces Blaise Cendrars (1984)
  • Promessa às escuras (1994)
  • O dia em que Jesus traiu Judas (1996)
  • A reforma dos cavalos (1998)
  • Bar-Mitzvah (2001)
  • Odiai-vos uns aos outros (2003)

Em catalão[editar | editar código-fonte]

  • Els exèrcits de Paluzie (1982)
  • Coneixes Blaise Cendrars? (1984)
  • Paisatge amb figures (1986)
  • Fer senyors a la Plaça Roja (1986)
  • El dia que Jesús va trair Judes (1995)
  • Odieu-vos els uns als altres (2004)
  • Diccionari portuguès-català (1985), com Vimala Devi
  • Diccionari català-portuguès (1989), com Vimala Devi

Em esperanto[editar | editar código-fonte]

  • Antologio de portugalaj rakontoj (redactor) (1959)
  • La armeoj de Paluzie (1996)
  • Promeso en obskuro (1997)
  • La tago kiam Jesuo perfidis Judason (2001)
  • Ĉu vi konas Blaise Cendrars? (2007)

Referências

  1. Catalan-Portuguese literary relations (em Portuguese, Catalan, and English) 800 Anos de Literatura Catalana Institució de les Lletres Catalanes, Generalitat de Catalunya. Visitado em 23 de janeiro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]