Manufatura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Manufactura)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Manufatura é um processo de produção de bens em série padronizada.

Conceito[editar | editar código-fonte]

Manufatura é um sistema de fabricação de grande quantidade de produtos onde havia a divisão social do trabalho e algumas máquinas que precisavam do homem. Neste processo pode ser usado somente as mãos, como era feito antes da Revolução Industrial ou com a utilização de máquinas como passou a ocorrer após a Revolução Industrial.

A manufatura na Revolução Industrial[editar | editar código-fonte]

Durante a Revolução Industrial, houve grande avanço no modo de produção. O trabalho que antes era somente manual, passou a ser feito por máquinas, o que gerou uma maior produção em menor tempo. Além da utilização das máquinas, a manufatura passou a ter como marcante característica a utilização de um modo de trabalho em série, isso quer dizer que era feito etapa por etapa, e especializado, cada trabalhador tinha sua especialização numa área.

No século XIX, os homens de negócio passaram a reunir trabalhadores em grandes galpões, fornecendo a eles a matéria-prima necessária e remunerando seu serviço. Nela, a oficina e as ferramentas pertencem ao capitalista e ocorre uma divisão do trabalho. Para obter um maior volume de produção é aplicada a técnica da divisão do trabalho. Desta maneira são economizados materiais, com aplicação de movimentos específicos, repercutindo assim numa maior velocidade de produção.

Avanços tecnológicos: máquinas[editar | editar código-fonte]

- 1765: o engenheiro escocês James Watt aumentou a eficiência do motor a vapor ao introduzir o condensador na máquina de Newcomen.

- 1768: o inventor inglês Sir Richard Arkwright criou uma máquina de fiar avançada para o período, aumentando significativamente a produtividade

- 1793: o engenheiro norte-americano Eli Whitney criou o descaroçador de algodão.

As colônias e os produtos manufaturados das metrópoles[editar | editar código-fonte]

Durante o período colonial no Brasil e a vigência do Pacto Colonial, a colônia deveria fornecer matérias-primas à metrópole, cabendo a esta vender posteriormente os produtos manufaturados com tais matérias.

O sistema de exportar produtos manufaturados para as colônias aconteceu também com as colônias espanholas.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Economia e negócios


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.