Mapa genético

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um mapa genético é um mapa de um cromossomo de uma espécie que mostra a posição relativa dos genes e/ou marcadores genéticos.

Para se construir um mapa genético leva-se em consideração dois fatores:

  1. Os genes se encontram nos cromossomos em posição linear
  2. Quanto maior a taxa de recombinação genética maior a distância entre os genes e vice-versa.

Neste caso, não se sabe exatamente a posição de determinado gene ou mutação, em termos de pares de bases, mas sim a sua posição em determinada região de um cromossomo. As técnicas de mapeamento genético incluem experimentos de cruzamento em animais ou avaliação de história familiar em humanos, por meio de estudos de ligação genética (genetic linkage em inglês). No caso dos humanos, esta técnica é muito usada no auxílio da identificação de genes de predispõem a várias doenças[1]

Referências

  1. Brown TA. Genomes. 2nd edition. Oxford: Wiley-Liss; 2002. Chapter 5, Mapping Genomes. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK21116/
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.