Marc-Joseph Marion du Fresne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Homenagem à Marion du Fresne.

Marc-Joseph Marion du Fresne (22 de maio de 1724 - 12 de junho de 1772) foi um explorador francês. Ele nasceu em Saint Malo e se juntou à Companhia Francesa das Índias Orientais aos 11 anos (o que era incomum na época) como um sub-comandante a bordo do Duc de Bourgogne.

Durante a Guerra de Sucessão Austríaca, ele comandou diversos navios e era capitão em 1745. Na Guerra dos Sete Anos, ele se engajou em diversas operações navais.

Ele descobriu a Ilhas do Príncipe Eduardo e então a Ilha Crozet antes de chegar a Austrália. Eles passaram alguns dias na Tasmânia, onde Marion Bay no sudeste foi nomeada em sua homenagem. Ele avistou o Monte Taranaki da Nova Zelândia em 25 de março de 1772, e nomearam a montanha de Pic Mascarin sem saber que James Cook havia nomeado-a "Monte Egmont" três anos antes.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Edward Duyker (ed.) The Discovery of Tasmania: Journal Extracts from the Expeditions of Abel Janszoon Tasman and Marc-Joseph Marion Dufresne 1642 & 1772, St David's Park Publishing/Tasmanian Government Printing Office, Hobart, 1992, pp. 106, ISBN 0 7246 2241 1.
  • Edward Duyker, An Officer of the Blue: Marc-Joseph Marion Dufresne 1724—1772, South Sea Explorer, Melbourne University Press, Melbourne, 1994, pp. 229, ISBN 0 522 84565 7.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]