Marcelo Rodrigues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcelinho
Informações pessoais
Nome completo Marcelo Rodrigues
Data de nasc. 9 de janeiro de 1987 (27 anos)
Local de nasc. Santa Cruz do Sul (RS),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,69 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil São Luiz
Posição Atacante
Clubes de juventude
20002003 Brasil Grêmio
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20032005
2005
2005
20062008
20082009
2009
2010
2011
2011
2012
2012
2013
2013
2013
Brasil Grêmio
Brasil São Caetano
Brasil Juventude (emp.)
Brasil São Caetano
Turquia Bursaspor (emp.)
Brasil Caxias (emp.)
Brasil Avaí
Brasil Linense
Brasil Caxias
Brasil Bonsucesso
Brasil Guaratinguetá
Roménia UTA Arad
Brasil Boa Esporte
Brasil São Luiz

00002 000(0)



00000 000(0)
00012 000(2)
00001 000(0)
Seleção nacional
20042005 Brasil Brasil Sub-20

Marcelo Rodrigues, mais conhecido como Marcelinho (Santa Cruz do Sul, 9 de janeiro de 1987), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo São Luiz.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Marcelinho chegou nas categorias de base do Grêmio em 2000, com 13 anos de idade, quando media 1,55 m.[1] Em 2003, passando a ser observado por Adílson Batista, então técnico do Grêmio, foi integrado ao grupo principal do clube. Com 1,69 m, 14 centímetros maior em relação à sua chegada no Estádio Olímpico, e com apenas 16 anos, o jogador fez sua estreia como profissional em 27 de setembro, contra o São Paulo, no Estádio do Morumbi, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, em que o Grêmio saiu derrotado por 3 a 1, com Marcelinho entrando no lugar de Cláudio Pitbull.[2] Logo em seu segundo jogo como profissional, um Grenal, disputado em 12 de outubro, com vitória do Grêmio sobre o Internacional, pelo placar de 1 a 0, no Estádio Beira-Rio, também válido pelo Brasileirão de 2003, novamente com Cláudio Pitbull cedendo lugar para a entrada do jogador.[3] Seu primeiro gol como profissional aconteceu somente em 2004, no dia 18 de fevereiro, contra o Chapadão, pela Copa do Brasil. A partida foi disputada no Estádio Olímpico, com vitória gremista por 2 a 1 e, na ocasião, Marcelinho fez logo dois gols, entrando no segundo tempo, no lugar de Rico.[4]

Jovem, o jogador já demonstrou ter qualidades, fazendo, sobretudo, jogadas de muita velocidade e dribles sobre os adversários.[5] Contudo, Marcelinho era criticado pela dificuldade em marcar gols.[6] Depois do bom começo em 2003, no ano seguinte, Marcelinho, com contrato novo, mudou-se de São Leopoldo, onde morava numa periferia com os pais e oito irmãos,[7] para um apartamento em Porto Alegre, evitando o desgaste da viagem, que durava cerca de uma hora e meia até chegar ao Olímpico. Na mesma temporada, o Grêmio, que preocupava-se com a jovem promessa, deu muita atenção ao jogador, treinando-o em arremates ao gol,[8] trabalho para reforçar a musculatura,[9] ganhar ainda mais velocidade[10] e melhorar seus passes.[11] Porém, Marcelinho não conseguiu manter uma boa regularidade, e o Tricolor, preocupado, contratou uma assistente social e um psiquiatra para darem atenção especial ao jogador.[12] No entanto, Marcelinho continuou com seus altos e baixos, e no começo de 2005, mudou de clube, passando a defender o São Caetano.[13]

São Caetano e empréstimos[editar | editar código-fonte]

Logo que chegou no São Caetano, Marcelinho teve poucas oportunidades, sendo, alguns meses depois, emprestado ao Juventude.[14] Na equipe da Serra Gaúcha, o jogador teve uma boa passagem, fazendo, inclusive, um gol sobre o São Caetano, em jogo que terminou 3 a 1 para o Juventude, disputado no Estádio Francisco Stédile, o Centenário.[15] Ao fim de seu empréstimo, o atleta retornou ao clube paulista, para defender a equipe na temporada de 2006.

Em seu retorno ao time do ABC Paulista, alternou bons e maus momentos, ficando inclusive, em algumas partidas, fora da escalação da equipe. Insatisfeito, em 2008, Marcelinho foi para a Turquia, sendo emprestado ao Bursaspor.

O Bursaspor foi o primeiro clube fora do Brasil em que Marcelinho jogou. Permaneceu na equipe turca até 2009, quando foi emprestado ao Caxias, em abril.[16] No entanto, o jogador chegou ao clube Grená acima do peso e acabou não fazendo sua estreia, deixando o Caxias em junho do mesmo ano. Em novembro, cogitou-se seu retorno ao clube da Serra Gaúcha para a disputa do Campeonato Gaúcho de 2010. O jogador chegou a treinar no Estádio Centenário, realizando até, exercícios de pré-temporada com os demais atletas do Caxias, mas não conseguiu a liberação do Bursaspor para retornar ao clube.

Avaí[editar | editar código-fonte]

Para a temporada de 2010, Marcelinho assinou contrato com Avaí.[17] Fez sua estreia pelo time catarinense no dia 19 de setembro, num jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, em que sua equipe foi derrotada para o clube que o revelou, o Grêmio, por 3 a 0, em pleno estádio da Ressacada.[18] Seu primeiro gol pelo Avaí foi histórico, pois foi o primeiro do clube de Florianópolis marcado fora do Brasil em uma competição internacional oficial, no caso, a Copa Sul-Americana de 2010. A partida foi disputada em Guaiaquil, no Equador, contra o Club Sport Emelec, e terminou 2 a 1 para o clube equatoriano.[19] No entanto, o Avaí venceu o jogo de volta por 3 a 1 e se classificou para as quartas-de-final da competição.[20]

Linense[editar | editar código-fonte]

No dia 8 de fevereiro de 2011, Marcelinho foi anunciado como o novo reforço do Linense para a continuação do Campeonato Paulista.[21] Sua estréia pelo time paulista foi no dia 20 de fevereiro, quando entrou em campo a 2 minutos do segundo tempo do jogo em que o Linense perdeu fora de casa para o Mirassol por 2 a 0.[22] Esteve presente ainda, no banco de reservas, em mais duas oportunidades mas não entrou em campo para jogar.[23] No dia 22 de março, foi dispensado pelo clube.[24]

Outros clubes[editar | editar código-fonte]

No ano de 2013 Marcelinho assinou com o Boa Esporte e, no mesmo ano, voltou ao Rio Grande do Sul para atuar no São Luiz.[25]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Última atualização: 26 de abril de 2011.

Clube Temporada Sul-americana Brasileirão Copa do Brasil Estadual Total
Partidas Gols Partidas Gols Partidas Gols Partidas Gols Partidas Gols
Brasil Grêmio 2003 0 0 10 0 0 0 0 0 10 0
2004 0 0 32 2 7 3 0 0 39 5
2005 0 0 0 0 3 0 0 0 3 0
Total 0 0 42 2 10 3 0 0 52 5
Brasil São Caetano 2005 0 0 2 0 0 0 0 0 2 0
2006 0 0 27 2 3 0 0 0 30 2
Total 0 0 29 2 3 0 0 0 32 2
Brasil Juventude 2005 0 0 23 2 0 0 0 0 23 2
Brasil Avaí 2010 4 2 8 0 0 0 0 0 12 2
Brasil Linense 2011 0 0 0 0 0 0 1 0 1 0
TOTAL 4 2 103 7 13 3 1 0 120 18

Referências

  1. zerohora.clicrbs.com.br: O salto de Marcelinho (27 de março de 2004)
  2. futpedia.globo.com: São Paulo 3 x 1 Grêmio
  3. futpedia.globo.com: Internacional 0 x 1 Grêmio
  4. zerohora.clicrbs.com.br: Marcelinho salva o Grêmio (19 de fevereiro de 2004)
  5. clicrbs.com.br: Marcelinho dribla até a imprensa (23 de fevereiro de 2004)
  6. zerohora.clicrbs.com.br: Quando Marcelinho voltará a marcar gols? (4 de fevereiro de 2005)
  7. zerohora.clicrbs.com.br: Marcelinho: o queridinho do Olímpico (7 de março de 2004)
  8. zerohora.clicrbs.com.br: Marcelinho calibra o chute (20 de março de 2004)
  9. clicrbs.com.br: Marcelinho lapidado (24 de fevereiro de 2004)
  10. zerohora.clicrbs.com.br: Marcelinho vai ficar mais veloz (24 de fevereiro de 2004)
  11. zerohora.clicrbs.com.br: Plein trabalha para tentar melhorar passe de Marcelinho (2 de julho de 2004)
  12. zerohora.clicrbs.com.br: Grêmio vigia Marcelinho (16 de abril de 2004)
  13. zerohora.clicrbs.com.br: Marcelinho no São Caetano (21 de abril de 2005)
  14. clicrbs.com.br: Clube traz Marcelinho (17 de agosto de 2005)
  15. futpedia.globo.com: Juventude 3 x 1 São Caetano
  16. clicrbs.com.br: Caxias contrata ex-colorado Abu e ex-gremista Marcelinho (29 de abril de 2009)
  17. futebolsc.uol.com.br: Marcelinho, ex-Grêmio, acerta com o Avaí (18 de março de 2010)
  18. globoesporte.com: Com dois do artilheiro Jonas, Grêmio passeia em Floripa e vence o Avaí (19 de setembro de 2010)
  19. avai.com.br: Emelec vence Avaí em Guayaquil (14 de outubro de 2010)
  20. globoesporte.globo.com: Avaí faz três gols em seis minutos, bate o Emelec e chega às quartas (21 de outubro de 2010)
  21. futebolpaulista.com.br: Linense apresenta Marcelinho, nova opção para o ataque (8 de fevereiro de 2011)
  22. ogol.com.br: Mirassol 2-0 Linense (20 de fevereiro de 2011)
  23. ogol.com.br: Marcelinho no clube (26 de abril de 2011)
  24. calinense.com.br: Marcelinho não é mais jogador do Linense (22 de março de 2011)
  25. São Luiz de Ijuí contrata atacante Marcelinho Zero Hora (27 de setembro de 2013). Página visitada em 1 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]