Marciano de Heracleia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Marciano de Heracleia (Marcianus Heracleensis) foi um geógrafo grego menor da antiguidade tardia (século IV d.C.) As suas obras que se conservam são: [1] [2]

  • Périplo do mar Exterior (Periplus maris externi), ed. Müller (1855), 515-562.
  • Périplo de Menipo do mar Interior (Menippi periplus maris interni) (epitome Marciani), ed. Müller (1855), 563-572.
  • Geografía de Artemidoro (Artemidori geographia) (epitome Marciani), ed. Müller (1855), 574-576.
Cquote1.svg Por volta de 527 d.C. (segundo Müller em Geographi graeci minores; Tomo 2º, p. XII), Marciano de Heracleia incluiu dados precisos de vias romanas, rios, montes, costas, cidades, etc.; mereceu da posteridade o conceito de superior entre todos os da sua época, pela diligência, bom juízo e esmero que despregou ao usar os estudos dos seus predecessores. Os seus escritos conhecidos são: 1) Um epítome de 11 livros à imitação de Artemidoro; 2) Outro epítome em três livros entressacado de um anterior périplo; 3) Um périplo de mar desenvolvido em dois livros; 4) Um tratado de distâncias de Roma às principais cidades então conhecidas.[3] Cquote2.svg
Cquote1.svg Marciano de Heracleia (I, 2-3) oferece-nos uma longa lista: “escrevo após ter lido múltiplos périplos e de empregar muito tempo no seu estudo (…) Timóstenes de Rodes, que chegou a ser comandante-em-chefe da frota de Ptolemeu II após Eratóstenes, ao que chamaram Beta os diretores do Museu, além de Píteas, Isidoro de Cárax, o piloto Sosandro e Simeias …”

Os escritos de muitos destes autores, que mereciam pouco crédito na informação de pormenor contribuída, e que, para além disso, tinham escasso valor literário, perderam-se irremissivelmente. Porém, está claro que estas narrações de viagens foram muito numerosas, sobretudo como plasmação de relatos orais. [4]

Cquote2.svg

Opiniões de estudiosos a respeito das fontes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Müller, Carl (1855), Ambrosio Firmin Didot, Geographi Graeci Minores – Vol. 1, 1ª
  2. Müller, Carl (1861), Ambrosio Firmin Didot, Geographi Graeci Minores – Vol. 2, 1ª
  3. Altadill, Julio (1923). Geógrafos de la Antigüedad.
  4. Gonzalbes Cravioto, Enrique (2003). Viajes y viajeros en el Mundo Antiguo.