Marco Antonio Raupp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marco Antonio Raupp
Marco Antonio Raupp durante o anúncio dos vencedores da 8ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.
Foto: Wilson Dias/ABr
Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do  Brasil
Período de governo 24 de janeiro de 2012
até 17 de março de 2014
Presidente Dilma Rousseff
Antecessor(a) Aloizio Mercadante
Sucessor(a) Clelio Campolina Diniz
Vida
Nascimento 1938 (76 anos)
Cachoeira do Sul, RS
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Chicago. Tese em 1971: Galerkin Methods for Two-Dimensional Unsteady Flows of an Ideal Incompressible Fluid
Profissão Professor

Marco Antonio Raupp (Cachoeira do Sul[1] , 1938) é um matemático brasileiro, ex-diretor geral do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ex-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Graduado em física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é doutor em matemática pela Universidade de Chicago e livre-docente pela Universidade de São Paulo (USP).[2] Foi professor adjunto da Universidade de Brasília (UnB), analista de sistemas do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, pesquisador titular e diretor do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e professor associado no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME/USP).

Foi vice-diretor do LNCC, diretor geral do INPE, diretor geral do IPRJ/UERJ e diretor do LNCC.[2] Em reconhecimento aos serviços prestados, foi agraciado com o título de Comendador pela Ordem de Rio Branco (Ministério das Relações Exteriores) e pela Ordem Nacional do Mérito Científico (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação).[2] Em diferentes momentos foi presidente da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC) e também tesoureiro, vice-presidente e conselheiro da SBPC. É membro titular da Academia Internacional de Astronáutica (IAA), membro titular do Conselho Superior da FAPERJ e membro suplente do Conselho Nacional da Ciência e Tecnologia (CCT). Foi diretor do Parque Tecnológico de São José dos Campos. Também foi presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB).

Em 24 de janeiro de 2012 deixou a SBPC para tomar posse como ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do governo de Dilma Rousseff, em substituição a Aloizio Mercadante.[3] Deixou a pasta em 17 de março de 2014 em uma reforma ministerial promovida pela presidente.[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Aloizio Mercadante
Ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil
2012 – 2014
Sucedido por
Clelio Campolina Diniz