Marco Valério Corvo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Marco Valério Corvo (370 a.C.270 a.C.) foi um herói romano do século IV a.C. que lutou contra diversos inimigos da então República Romana, tendo supostamente se aposentado como fazendeiro e vivido até os 100 anos.

Possui uma imensa lista de realizações como militar e político. O cronista Valério Antias é considerado como criador de boa parte dos exageros sobre Corvo.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 349 a.C. - nomeado tribuno; derrota um gigante gaulês em combate corpo-a-corpo ajudado por corvos (referência adotada em seu nome)
  • 348 a.C. - Eleito cônsul aos 22 anos de idade
  • 346 a.C. - Reeleito cônsul, derrotou os Volscos
  • 343 a.C. - Reeleito cônsul, derrotou os Samnitas
  • 342 a.C. - Eleito ditador
  • 335 a.C. - Eleito cônsul, derrota a cidade de Cales
  • 301 a.C. - Reeleito ditador
  • 300 a.C. - Eleito cônsul, derrota a cidade de Eque, introduz a Lei de apelação
  • 299 a.C. - Renuncia ao posto de cônsul, derrota os etruscos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Lúcio Fúrio Camilo e Ápio Cláudio Crasso (ditador)
Cónsul de la República Romana
junto com Marco Popíliio Lenate

348 a.C.
Sucedido por
Caio Pláucio Veno e Tito Mânlio Torquato
Precedido por
Caio Pláucio Veno e Tito Mânlio Torquato
Cônsul da República Romana
com Caio Petélio Libão

346 a.C.
Sucedido por
Marco Fábio Dórsuo e Sérvio Sulpício Camerino
Precedido por
Caio Márcio Rutílio e Tito Mânlio Torquato
Cônsul da República Romana
com Aulo Cornélio Coso Arvina

343 a.C.
Sucedido por
Quinto Servílio Ahala e Caio Márcio Rutilio
Precedido por
Lúcio Papírio Crasso e Cesão Duílio
Cônsul da República Romana
com Marco Atílio Régulo

335 a.C.
Sucedido por
Espúrio Postúmio Albino e Tito Vetúrio Calvino
Precedido por
Marco Lívio Denter e Marco Emílio Paulo
Ditador romano
301 a.C.
Sucedido por
Marco Valério Corvo e Quinto Apuleio Pansa
Precedido por
'Ano do quarto ditador'
Cônsul da República Romana
com Quinto Apuleio Pansa

300 a.C.
Sucedido por
Marco Fúlvio Petino e Tito Mânlio Torquato
Precedido por
Marco Fúlvio Petino e Tito Mânlio Torquato
Cônsul da República Romana (sufecto)
com Marco Fúlvio Petino

299 a.C.
Sucedido por
Lúcio Cornélio Cipião Barbado e Cneu Fúlvio Máximo
Ícone de esboço Este artigo sobre Roma Antiga e o Império Romano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.