Marcos Parente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Marcos Parente
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 28 de dezembro
Fundação 1962
Gentílico marcoense
Prefeito(a) Manoel Emídio de Oliveira (PSDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Marcos Parente
Localização de Marcos Parente no Piauí
Marcos Parente está localizado em: Brasil
Marcos Parente
Localização de Marcos Parente no Brasil
07° 07' 15" S 43° 53' 38" O07° 07' 15" S 43° 53' 38" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Sudoeste Piauiense IBGE/2008 [1]
Microrregião Bertolínia IBGE/2008 [1]
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 775,767 km² [2]
População 4 456 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 5,74 hab./km²
Altitude 274 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,626 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 13 644,776 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 159,98 IBGE/2008[5]
Página oficial

Marcos Parente é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 07º07'14" sul e a uma longitude 43º53'40" oeste, estando a uma altitude de 274 metros. Situa-se na microrregião de Bertolínia, mesorregião do Sudoeste Piauiense. Sua população estimada em 2004 era de 4 430 habitantes. Possui uma área de 750,33 km². Foi criado em 1962 por desagregação do município de Guadalupe e batizado em homenagem à memória do político Marcos Parente.

Origem[editar | editar código-fonte]

Predefinição:ORIGEM:Marcos Parente teve origem no lugarejo conhecido como Tinguis, a fazenda de João Martins, que foi um dos primeiros donatários, foi a princípio em 1888 já no tempo do Ventre Livre. Morreu João Martins e ficou o filho Manoel Montório. Logo chegou seu primo Antonio João Fonseca, todos os fazendeiros do mesmo lugarejo Tinguis. Em 1930 começaram se reunir mais pessoas, chegando comerciantes ambulantes, logo chegou a família Lopes, e foi começando a se formar uma feira, e chegou o pernambucano Pedrosa de Luna.

No ano de 1933, começou a se reunir mais pessoas, e José Pedrosa começou a fazer uma igreja, o mesmo realizou uma missa na igreja no dia 11 de junho de 1934, foi o primeiro festejo que houve, depois, mais pessoas do interior começaram a se reunir.

Em 1960, tinguis passou a ser Vila, depois passou a ser subprefeitura, o primeiro prefeito foi Fernando Benvindo Pereira e este governou por 6 meses, Tinguis passou a ser cidade, o segundo prefeito nomeado foi Manoel Emídio de Oliveira que governou por 2 anos, esta foi a primeira eleição que ocorreu no dia 28 de dezembro de 1962. Depois Manoel Emídio governou por 4 anos, e em seguida foi a vez de José Trajano Filho, terceiro prefeito, que governou por 4 anos. O quarto prefeito foi Adelmar Ferreira, depois Manoel Emídio governou por 6 anos, e depois Pedro Nunes de Sousa foi o quinto prefeito, que governou por 4 anos, e em seguida, Juraci Alves Guimarães Rodrigues foi a primeira mulher eleita prefeita no município, sendo a sexta que governou por 4 anos , depois foi a vez de Conceição, segunda mulher eleita, sendo a sétima que governou por 4 anos, depois Juraci Alves Guimarães Rodrigues governou por mais 8 anos, deixando a prefeitura em 2008 depois de eleger seu sucessor, Manoel Emídio de oliveira, que governou 4 anos.

Nas eleições de 2012, Dr. Gédison Alves Rodrigues filho da ex-prefeita Juraci Alves Guimarães Rodrigues, foi candidato a prefeito e ficou em segundo lugar, obteve 1.080 votos, e para provar que aconteceu crimes eleitorais que interferiram no resultado da eleição, ajuizou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra Manel Emídio de Oliveira, e que no dia 05/09/2014 foi o primeiro prefeito cassado do município de Marcos Parente, pelos crimes eleitorais de abuso de poder econômico, abuso de poder político e captação ilícita de sufrágio (Compra de votos).

Em seguida, Manoel Emídio conseguiu uma liminar para continuar no cargo até o julgamento pelo TRE-PI (Tribunal Regional Eleitoral do Piauí), e no dia 03/11/2014 o Ministério Público Eleitoral, representado pelo Procurador Regional Eleitoral Kelston Pinheiro Lages, se manifestou ao TRE-PI pedindo para manter a condenação de cassação do prefeito Manoel Emídio de Oliveira e de seu vice, Jesoaldo Benvindo, e aplicação de multa de 20 mil UFIR, e opinou ainda pela reforma da sentença acrescentando a sanção de 8 anos de inelegibilidade. Em breve acontecerá o julgamento que decidirá se Manoel Emídio continuará no cargo ou se Dr. Gédison Alves Rodrigues será o novo prefeito de Marcos Parente.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.