Margarida dos Países Baixos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Princesa Margarida
Princesa dos Países Baixos
Princesa de Orange-Nassau
Princesa de Lippe-Biesterfeld
Princesa Margarida de Orange-Nassau, van Vollenhoven
Cônjuge Pieter van Vollenhoven
Descendência
Maurício de Orange-Nassau, van Vollenhoven
Bernardo de Orange-Nassau, van Vollenhoven
Pedro Cristiano de Orange-Nassau, van Vollenhoven
Floris de Orange-Nassau, van Vollenhoven
Nome completo
Margarida Francisca dos Países Baixos
Casa Orange-Nassau
Pai Príncipe Bernardo
Mãe Rainha Juliana
Nascimento 19 de janeiro de 1943 (71 anos)
Ottawa, Ontário, Canadá
Família real holandesa
Casa de Orange-Nassau
Royal coat of arms of the Netherlands.svg

SM o Rei *
SM a Rainha *



Margarida dos Países Baixos, princesa de Orange-Nassau, princesa de Lippe-Biesterfeld (Ottawa, 19 de janeiro de 1943), , é a terceira filha da rainha Juliana e de Bernardo de Lippe-Biesterfeld e tia do atual monarca, o rei Guilherme Alexandre I. Ocupa a oitava posição na linha de sucessão ao trono holandês.

A princesa Margarida cumpre deveres reais representando a rainha Beatriz em eventos oficiais ou semi-oficiais. Algumas destas funções levaram-na de volta ao Canadá (seu país de nascimento) e outras a participar dos eventos organizados pela marinha mercante holandesa, da qual ela é patrona.

Nascimento e infância[editar | editar código-fonte]

A princesa Margarida Francisca nasceu em Otawa, no Canadá, onde a família real holandesa vivia desde a occupação nazi da Holanda em 1940. Foi a terceira filha da princesa Juliana, única filha e herdeira da rainha Guilhermina, e do seu marido, o príncipe Bernardo. A princesa tem duas irmãs mais velhas, a rainha Beatriz e a princesa Irene, e uma irmã mais nova, a princesa Cristina. A maternidade do Ottawa Civic Hospital, onde a princesa nasceu, foi temporariamente declarada extaterritorial pelo governo Canadense, de modo a assegurar que a princesa recebia exclusivamente a cidadania holandesa, e não do Canadá, a que teria direito se tivesse nascido em solo canadense.

O nome da princesa (Margriet, em neerlandês) deriva da margarida, a flor usada durante a guerra como símbolo da resistência à Alemanha Nazi. Margarida foi batizada na St Andrew's Presbyterian Church, em Otava, no dia 29 de junho de 1943. Os seus padrinhos incluíram o Presidente dos Estados Unidos da América, Franklin D. Roosevelt, a rainha Maria do Reino Unido, a princesa herdeira Marta da Noruega, Martine Roell (dama de companhia da princesa Juliana) e a marina mercante holandesa.

A princesa pisou nos Países Baixos pela primeira vez em agosto de 1945, depois da libertação do país. Os príncipes Juliana e Bernardo regressaram ao Palácio de Soestdijk, em Baarn, onde a família vivia antes da guerra.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Enquanto estudava na Universidade de Leiden, Margarida conheceu o seu futuro marido, Pieter van Vollenhoven. O noivado foi anunciado a 10 de Março de 1965 e os dois casaram-se a 10 de janeiro de 1967 em Haia. O casal tem quatro filhos:

Os filhos da princesa Margarida portam os títulos de "Alteza" e "Príncipe de Orange-Nassau, van Vollenhoven". Como estes não são hereditários, os seus netos usam o sobrenome do avô paterno. Contudo, os filhos do príncipe Maurício que usam o sobrenome "van Lippe-Biesterfeld van Vollenhoven", em referência ao nome do pai de Margarida, Bernardo de Lippe-Biesterfeld. Os príncipes Pedro Cristiano e Floris perderam os seus direitos de sucessão ao trono holandês por não solicitarem autorização oficial do Parlamento para se casarem.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Margarida dos Países Baixos
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.