Maria-louca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria louca é uma aguardente fabricada em Casas de Detenções. É produzida secretamente pelos presidiários. A fabricação envolve elaborados processos de fermentação e destilação.[1]

Referências