Maria Carolina Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Outubro de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Maria Carolina Ribeiro
Nascimento 21 de maio de 1978 (36 anos)
Porto Alegre, RS Brasil
Ocupação Atriz e cantora
IMDb: (inglês)

Maria Carolina Ribeiro (Porto Alegre, 21 de maio de 1978) é uma atriz e cantora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Carolina começou sua carreira como atriz infantil, aos nove anos de idade, no musical A Noviça Rebelde, que percorreu o Rio Grande do Sul em 1987. Interrompeu sua carreira por dez anos para terminar os estudos regulares, mas não deixou de fazer cursos de teatro durante a adolescência. Prestou vestibular para Medicina mas, aos vinte anos, entrou no Departamento de Arte Drámatica da UFRGS e passou a se dedicar exclusivamente à carreira de atriz. Em 1999 foi para Londres, onde matriculou-se na Theatre School de Philippe Gaulier, que cursou enquanto estudava inglês e trabalhava para se manter. Voltou ao Brasil em 2000, estabelecendo-se no Rio de Janeiro, onde em seguida fez um teste e foi aprovada para o musical Ópera do Malandro, de Chico Buarque, fazendo o papel de Catarina Blue. Fez especiais para a RBS TV de Porto Alegre (destacando-se Jogos do Amor e do Acaso, onde contracenou com Werner Schünemann), além de participações no teatro e em curtas-metragens. Em 2005 foi chamada para a versão brasileira da telenovela Floribella, da Rede Bandeirantes, na qual, além de fazer o papel da vilã Delfina Torres Bettencourt, também participou como cantora, gravando uma faixa do CD da trilha sonora. Por este trabalho, Maria Carolina foi eleita atriz revelação do ano de 2005 pelos leitores do UOL Televisão. Na segunda temporada de Floribella, que foi ao ar em 2006, Maria Carolina voltou a interpretar Delfina, e gravou duas faixas no CD da trilha sonora: Meu e Caprichos. No final de 2006, começou a gravar a telenovela Paixões Proibidas, interpretando Eugênia Valente. Em 2008 foi contratada pela Rede Record, participou de Caminhos do Coração e logo em seguida foi escalada para o elenco de Poder Paralelo, onde interpretou Neide, uma das assassinas ocultas principais da trama.

Em 2011, fechou contrato com a Rede Globo por 3 anos. [1]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel Notas
2011 Insensato Coração Vivian Participação especial
2009 Poder Paralelo Neide Queiroz Co-antagonista
2008 Caminhos do Coração Silvana Madiano Participação especial
2007 Paixões Proibidas Eugênia Valente protagonista
2006 Floribella Delfina Torres Bittencourt Antagonista principal
2002
2001
Contos de Inverno Faustina / Alícia Protagonista principal (em 2 episódios)
  • Faustina (Faustina)
  • Jogos do Amor e do Acaso (Alícia)
Cinema e Teatro
Ano Título Notas
2000 Ópera do Malandro Musical
2002 A Paixão de Jacobina Carolina[2]
Discografia
Ano Disco
2005 Floribella
2006 Floribella 2: É pra Você Meu Coração
Singles
Ano Nome
2006 Meu
2006 Pobre dos Pobres
2006 Caprichos
2005 Você Vai me Querer

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]