Maria Helena Pader

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Maria Helena Pader
Nascimento 14 de março de 1947 (67 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
 Brasil
Ocupação atriz
IMDb: (inglês)


Maria Helena Pader é uma atriz e dubladora brasileira[1] .

Na TV é lembrada por personagens antipáticos e muito fofoqueiros como a Zuleika Gomes de Baila Comigo (1981)[1] , a Palmira Cantanhede de Corpo a Corpo (1984), a Júlia de O Rei do Gado (1996) e a Leontina de Lara com Z (2011). Já trabalhou com diversos autores, dentre eles Gilberto Braga, Manoel Carlos e Benedito Ruy Barbosa.

Já como dubladora tem uma vasta coleção de personagens inesquecíveis como a Fran da Família Dinossauro, é a voz da atriz Anjelica Huston em diversos filmes e a Cruella De Vil (Glenn Close) no filme 101 Dálmatas e 102 Dálmatas.


Dublagens[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema
Televisão

Referências

  1. a b MARIA HELENA PADER. Museu da televisão brasileira. Página visitada em 7 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.