Maria Isabel de Áustria-Toscana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Isabel de Áustria-Toscana
Princesa da Toscana
Arquiduquesa da Áustria
Princesa das Duas Sicílias
Condessa de Trápani
Maria Isabella di Toscana.jpg
Governo
Consorte Francisco de Bourbon-Duas Sicílias
Casa Real Casa de Áustria-Toscana
Dinastia Habsburgo-Lorena
Vida
Nascimento 21 de Maio de 1834
Florença, Flag of the Grand Duchy of Tuscany (1840).svgGrão-ducado da Toscana
Morte 14 de julho de 1901 (67 anos)
Lucerna, Flag of Switzerland.svgSuíça
Filhos Maria Antonieta
Leopoldo Maria
Maria Teresa
Maria Carolina
Fernando Maria
Maria Anunciata
Pai Leopoldo II da Toscana
Mãe Maria Antonia de Bourbon-Duas Sicílias

Maria Isabel Anunciata Joana Josefa Humildade Apolônia Filomena Virgínia Gabriela de Habsburgo-Lorena (em italiano Maria Isabella Annunziata Giovanna Giuseppa Umiltà Apollonia Filomena Virginia Gabriella d'Asburgo-Lorena), foi Princesa da Toscana, Arquiduquesa da Áustria e, pelo casamento, Princesa das Duas Sicílias e Condessa de Trápani.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Família[editar | editar código-fonte]

Maria Isabel era filha de Leopoldo II, Grão-duque da Toscana e de sua segunda esposa, a princesa Maria Antonia de Bourbon-Duas Sicílias. Teve como avós paternos Fernando III, Grão-duque da Toscana e Luísa Maria de Bourbon-Duas Sicílias; e como avós maternos o rei Francisco I das Duas Sicílias e Maria Isabel de Espanha. A princesa era trineta de Carlos III de Espanha tanto por via paterna quanto materna, pois seus bisavós Carlos IV de Espanha e Fernando I das Duas Sicílias eram irmãos.

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

Casou-se em Florença, em 10 de abril de 1850, com Francisco de Bourbon-Duas Sicílias, conde de Trápani, irmão mais novo de sua mãe e filho do rei Francisco I das Duas Sicílias. O casal teve seis filhos:

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Entre 1860 e 1870, por razões políticas, Maria Isabel e sua família viveram em Roma, sob a proteção do Papa Pio IX. De lá mudaram-se para Paris, onde seu marido faleceu em 1892.

Maria Isabel faleceu em Lucerna, na Suíça, em 14 de julho de 1901, aos sessenta e sete anos. Seu corpo está sepultado no cemitério de Père Lachaise, em Paris.

Nota[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]