Maria Luís Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Luís Albuquerque
Ministro(a) de Estado e das Finanças de  Portugal
Mandato XIX Governo Constitucional de Portugal - De 2 de julho de 2013 até à atualidade
Antecessor(a) Vítor Gaspar
Vida
Nascimento 16 de Setembro de 1967 (47 anos)
Braga, Portugal
Dados pessoais
Alma mater Universidade Lusíada de Lisboa
Cônjuge António de Albuquerque
Partido PPD/PSD
Profissão Economista e Professora
Website Portal do Governo

Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque (Braga, 16 de setembro de 1967) é uma economista, professora universitária e, desde 2 de julho de 2013, Ministra das Finanças do XIX Governo Constitucional de Portugal.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Luís Albuquerque entre 1976 e 1982 viveu em Moçambique acompanhando seu pai que era Comandante da GNR e que tinha ido trabalhar na Barragem de Cabora Bassa.[2]

É casada com o jornalista António de Albuquerque, tem três filhos, dos quais dois são gémeos.[3] Dispensado do Diário Económico, propriedade do grupo Ongoing, em Abril de 2013, foi nomeado Consultor na EDP, empresa cuja privatização foi responsabilidade da sua mulher, no início de Julho desse ano.[4]

Licenciou-se em Economia na Faculdade de Economia da Universidade Lusíada de Lisboa em 1991 e é Mestra em Economia Monetária e Financeira pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa desde 1997.[5]

Foi técnica superior na Direcção-Geral do Tesouro e Finanças entre 1996 e 1999, técnica superior do Gabinete de Estudos e Prospectiva Económica do Ministério da Economia entre 1999 e 2001, desempenhou funções de assessora do Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças em 2001, foi Diretora do Departamento de Gestão Financeira da REFER entre 2001 e 2007[6] e coordenou o Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público entre 2007 e 2011.

Em junho de 2010, enquanto técnica da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) aprovou um swap da Estradas de Portugal. Mais tarde, já como ministra, garantiu que esteve afastada deste tema enquanto trabalhou no IGCP (entre 2007 e 2011). “Enquanto estive no IGCP, não tive qualquer contacto com swaps, nem do IGCP nem de natureza nenhuma”, referiu numa primeira audição na Assembleia da República, a 25 de Junho de 2013[7] .

Foi cabeça de lista dos candidatos a deputado pelo PSD em Setúbal em 2011.[8] Desde esse ano, exerceu funções de Secretária de Estado do Tesouro no XIX Governo Constitucional de Portugal,[8] até 1 de julho de 2013, altura em que foi indigitada para as funções de Ministra de Estado e das Finanças, substituindo Vítor Gaspar.

Foi docente na Universidade Lusíada de Lisboa,[6] no Instituto Superior de Economia e Gestão e no polo de Setúbal da Universidade Moderna entre 1991 e 2006.

Enquanto docente da Universidade Lusíada, foi professora de Pedro Passos Coelho.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Anabela Natário. Maria Luís Albuquerque é a nova ministra das Finanças Expresso XL. Página visitada em 1 de Julho de 2013.
  2. Vítor Gaspar deixa Governo "a seu pedido" / QUEM É MARIA LUÍS ALBUQUERQUE... Primeiro de Janeiro (1 de julho de 2013). Página visitada em 4 de julho de 2013.
  3. Professora de Passos assume as Finanças Correio da Manhã (2 de julho de 2013). Página visitada em 4 de julho de 2013.
  4. http://visao.sapo.pt/marido-de-maria-luis-albuquerque-contratado-pela-edp=f738621
  5. Maria Luís Albuquerque / Secretária do Estado de Tesouro Governo de Portugal / Ministério das Finanças. Página visitada em 1 de Julho de 2013.
  6. a b c Maria Luís Albuquerque é a nova ministra das Finanças Correio da Manhã (1 de julho de 2013). Página visitada em 4 de julho de 2013.
  7. Auditoria conclui que ministra aprovou swap da Estradas de Portugal.
  8. a b Hugo F. Coelho (24 de junho de 2011). Os secretários de Estado que tomam posse 3.ª feira Diário de Notícias. Página visitada em 4 de julho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Vítor Gaspar
Ministra das Finanças
XIX Governo Constitucional
Sucedida por:
Incumbente