Maria Sangrenta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Mitologia.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Bloody Mary (conhecida também como Maria Sangrenta, Bruxa do Espelho ou Maria Degolada) é uma lenda urbana que faz parte do folclore ocidental (e oriental, como visto em algumas produções do gênero cinematográfico). De acordo com a lenda, caso seu nome seja pronunciado três vezes em frente a um espelho de banheiro, ela aparecerá frente ao convocador e arrancará seus olhos. Dizem que Mary foi executada há 100 anos atrás por ser uma bruxa, mas há histórias mais recentes envolvendo uma moça que, devido a um acidente de carro, ficou com a face totalmente desfigurada por causa do impacto. Com o preconceito, ela vendeu sua alma ao Satanás para conseguir se vingar de todas as pessoas do mundo. Também é uma referência à rainha Maria I da Inglaterra, que tinha o cognome de Sangrenta ou Sanguinária. Essa lenda é originária nos Estados Unidos e foi exportada para o Brasil, com o nome de "Loira do Banheiro" , tendo sofrido diversas alterações. Também existe a lenda em que bloody mary era uma menina com uma doença incurável , em que numa noite ela morreu devido a essa doença e seu pai que era médico decidiu logo enterrá-la num caixão no jardim , sua mãe esteve sempre lá no jardim noite e dia e seu pai saberia que se ela continuasse ali iria morrer devido ao frio então injectou morfina á mãe para lhe poder levar para dentro , seu pai , também médico de mary juntou um sino ao caixão para se ela se mexesse o sino tocasse . Na manhã do dia seguinte seu pai foi ao jardim e viu o sino todo destruído , então começou a cavar , abriu o caixão mas nessa altura mary já teria morrido devido á falta de oxigénio , mas seu pai reparou que as mãos de mary estavam cheias de sangue e a porta do caixão estava todo ensanguentado e arranhado e mary não tinha suas unhas , suas unhas estavam coladas á porta do caixão , esta é a lenda que mais assusta as crianças .


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.