Marihuana Tax Act of 1937

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Selo de produtor de maconha.

Nos Estados Unidos, o Marihuana Tax Act of 1937 (em português: Ato Fiscal da Maconha de 1937) foi um significante projeto1 , o qual foi um dos principais para a criminalização da maconha no país. Foi introduzida para o Congresso dos Estados Unidos pelo Comissário do Federal Bureau of Narcotics, Harry Jacob Anslinger.

A lei foi aprovada após diferentes relatórios2 e audiências3 . Anslinger também se referiu a International Opium Convention, que a partir de 1928 incluiu a maconha como uma droga, e que todos os estados do país tinham uma lei que proibía o uso de certas drogas. Segundo algumas testemunhas, ela causava "crimes, loucura e morte"4 . Entretanto, em 1951, surgiu um novo projeto de lei que substituiu este de 1937.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.