Mario Draghi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mario Draghi
Mario Draghi
Presidente do Banco Central Europeu
Período de governo 1 de novembro de 2011 - presente
Antecessor(a) Jean-Claude Trichet
Vida
Nascimento 3 de setembro de 1947 (67 anos)
Roma, Itália Itália
Dados pessoais
Profissão Economista

Mario Draghi OMRI (Roma, 3 de setembro de 1947) é um banqueiro e economista italiano que foi governador do Banco da Itália de 2006 a 2011, sendo o atual presidente do Banco Central Europeu.

Na função, é membro dos Conselhos Directivos e Geral do Banco Central Europeu em Frankfurt, membro do Conselho de Administração do Banco de Compensações Internacionais em Basileia e representa a Itália nos Conselhos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento e do Banco Asiático de Desenvolvimento. Em abril de 2006 foi eleito presidente do Fórum de Estabilidade Financeira (que se tornou Conselho de Estabilidade Financeira em 2009) e em 2011 tomou posse como presidente do Banco Central Europeu.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Draghi graduou na Universidade de Roma "La Sapienza"[1] , em seguida, obteve um doutorado em economia pelo Massachusetts Institute of Technology, em 1976, sob a supervisão do laureado Nobel Franco Modigliani e Robert Solow. Foi professor titular da Universidade de Florença, de 1981 até 1991.

De 1984 a 1990 foi Director Executivo do Banco Mundial.

Em 1991, tornou-se director-geral do Tesouro italiano, e realizou este cargo até 2001. Durante seu tempo no Tesouro, ele presidiu o comité que revisou a legislação societária e financeira italiana e elaborou a lei que regula os mercados financeiros italianos. Ele também é um antigo membro do conselho de vários bancos e empresas, como Ente Nazionale Idrocarburi (ENI), o IRI (Instituto para a Reconstrução Industrial), Banca Nazionale del Lavoro (BNL) e Sanpaolo IMI.

Ele foi, então vice-presidente e director executivo da Goldman Sachs[2] e membro da comissão de gestão na empresa (2002-2005).

Ele é um administrador do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de Princeton, e também da Brookings Institution, em Washington, D.C.. Ele tem sido um companheiro do Instituto de Política na John F. Kennedy School of Government (Harvard University).

Presidência BCE[editar | editar código-fonte]

Draghi foi frequentemente mencionado como um potencial sucessor de Jean-Claude Trichet,[3] cujo mandato como presidente do Banco Central Europeu acaba Outubro de 2011. Então, em Janeiro de 2011, o jornal semanal alemão Die Zeit relatado, com referência à política de alto escalão decisores na Alemanha e França, que é "improvável" que Draghi vá ser escolhido como sucessor de Trichet.[4] No entanto, em Fevereiro de 2011 a situação se tornou ainda mais complicada do que complicou quando o principal candidato alemão foi relatado para já não ser interessado nesta posição. Em 13 de Fevereiro de 2011 Wolfgang Münchau, editor associado do Financial Times, endossou Draghi como o melhor candidato para o cargo acima referido.[5]

Em 17 de maio de 2011 o Conselho da União Europeia - ECOFIN aprovou uma recomendação sobre a nomeação de Mario Draghi como presidente do BCE.[6] [7] Em 24. de junho de 2011 os líderes da zona do euro nomearam Mario Draghi para ser o próximo presidente do Banco Central Europeu (BCE)[8]

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

  • 2000-Cavaleiro da Grande Cruz OMRI
  • 2009-distinção honorária em Estatística (Universidade de Pádua)
  • 2010-Mestre honorário em Administração de Empresas (Vicenza, CUOA fundação)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Biografia Mario Draghi 26 de Abril 2009 (italiano)
  2. Transatlantic CorportateGovernance Dialogue: About Mario Draghi (inglês)
  3. Público: Os candidatos possíveis 11 de Fevereiro de 2011
  4. Reuters: German paper says Draghi's ECB chances diminishing 19 de Janeiro de 2011 (inglês)
  5. Financial Times: Draghi can lead the eurozone out of danger 13 de Fevereiro de 2011 (inglês)
  6. The Wall Street Journal: Ecofin - Finance Ministers back Mario Draghi to lead ECB 16 de maio 2011 (inglês)
  7. Banca: Merkel favorável a candidatura de Draghi à presidência do BCE 11 de maio 2011
  8. Jornal de Notícias: Mario Draghi nomeado futuro presidente do BCE - Oficial 24 de junho 2011

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mario Draghi
Precedido por
Jean-Claude Trichet
Presidente do Banco Central Europeu
2011 - presente
Sucedido por
Incumbente