Mario Terán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Mario Terán foi o sargento do Exército boliviano escolhido para realizar a execução do revolucionário marxista Che Guevara em 9 de outubro de 1967.

Mario Terán é casado e tem cinco filhos, e vive secretamente no Paraguai sob o pseudônimo de "Pedro Salazar". Alguns especulam que ele tem um acordo com a CIA dos EUA, que o estaria concedendo proteção, outros acreditam que ele tem medo de uma unidade de Cuba em busca de vingança.