Mark 27

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Mark 27 foi uma arma nuclear dos E.U.A, desenha no fim da década de 1950. A Mark 27 também teve uma variante de ogiva chamada de W27.

A Mark 27 foi desenhada para University of California Radiation Laboratory (UCRL; agora Lawrence Livermore National Laboratory) começando no início da metade da década de 1950. A Mark 27 e a W27 foram produzidas a partir de 1958; ambas as versões foram retiradas em 1965.

O desenho básico competiu com o desenho do Los Alamos Scientific Laboratory (LASL; agora Los Alamos National Laboratory) que acabou se tornando a bomba B28 e a ogiva W28. A Mark 27 foi duas vezes mais pesada que B28 e teve um rendimento maior com 2 megatons contra os 1-1,5 megatons da família Mark 28/B28/W28.

A bomba Mark 27 tinha 30 polegadas de diâmetro por 124 a 142 polegadas de comprimento, dependendo da versão específica. As três versões pesavam de 3 150 a 3 300 libras. Foram produzidas 700 bombas Mark 27 de todas as três versões.

W27[editar | editar código-fonte]

A Mark 27 tinha uma versão de ogiva, ela tinha 31 polegadas de diâmetro e 75 polegadas de comprimento e pesava 2 800 libras. 20 ogivas W27 foram produzidas para a Marinha dos E.U.A para serem usadas no míssil de cruzeiro SSM-N-8 Regulus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligacões externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.