Mark Donohue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mark Donohue
Mark Donohue no GP da Grã-Bretanha de 1975
Informações pessoais
Nome completo Mark Neary Donohue, Jr.
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Nascimento 18 de março de 1937
Camden, Estados Unidos
Morte 19 de agosto de 1975 (38 anos)
Graz, Áustria
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1971, 1974-1975
Equipes Penske Racing
GPs disputados 16 (14 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 1
Pontos 8
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP do Canadá de 1971
Último GP GP da Áustria de 1975

Mark Neary Donohue, Jr. (Camden, 18 de março de 1937 — Graz, 19 de agosto de 1975) foi um piloto de Fórmula 1 norte-americano que correu também nas 500 Milhas de Indianapolis, tendo vencido a edição de 1972.

Graduou-se em engenharia mecânica em 1959 pela Universidade Brown. Algum tempo depois começou a participar de provas utilizando seu Corvette 1957, ganhando a primeira prova que disputou, o que chamou a atenção de um chefe de equipe novato e que iria ser seu companheiro na automobilismo: Roger Penske. Participa de corridas de carros de turismo e disputa pela primeira vez as 24 Horas de Le Mans em 1966.

Em 1969, tendo Roger Penske como chefe de equipe, participa das 500 Milhas de Indianápolis, chegando em sétimo e sendo escolhido como o estreante do ano. No ano seguinte faz melhor ainda e chega em segundo lugar. Em 1971 não tem um bom desepenho nas 500 Milhas, mas estréia na Fórmula Um, sempre com Penske ao seu lado e com um chassis McLaren termina em terceiro o Grande Prêmio do Canadá daquele ano. Os pontos ganhos são suficientes para que termine o ano em 16º lugar entre os competidores. Em 1972 alcança a vitória nas 500 Milhas de Indianápolis e juntamente com Roger Penske inicia o desenvolvimento do Porsche 917 que domina de tal forma a Can Am, que as regras são mudadas para o ano seguinte. No fim de 1973 Donohue se retira das competições, mas é algo temporário: o mesmo irá retornar no final de 1974 como piloto de Penske na Fórmula 1.

O ano de 1975 parecia ser promissor, mas Mark Donohue veio a falecer após um acidente nos treinos do Grande Prêmio da Áustria de 1975. O piloto aparentemente nada sofrera, mas ao ser transportado de helicoptero para o hospital reclamava de dores de cabeça que aumentaram e o mesmo acabou entrando em coma, vindo a falecer dias depois. Depois constatou-se que, no acidente, um poste havia cedido e acertado sua cabeça.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Auto Racing Chequered.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.