Mark Sittich von Hohenems

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mark Sittich von Hohenems
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcipreste da Basílica de São João de Latrão
Kardinal Markus Sittikus von Hohenems. Gemälde, Öl auf Holz, Museum Polička, 1594, Die Bischöfe von Konstanz, ISBN 3-922137-48-2

Título

Cardeal-presbítero de Santa Maria em Trastevere
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal 1560
Cardinalato
Criação 26 de fevereiro de 1561, pelo Papa Pio IV
Brasão
Cardinal Sittico Altemps.png
Dados pessoais
Nascimento Áustria Hohenems
19 de agosto de 1533
Morte Estados Pontifícios Roma
15 de fevereiro de 1595 (61 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Mark Sittich von Hohenems, por vezes chamado de Marco Sittico Altemps, Markus Sitticus von Hohenems ou Markus Sitticus von Altemps (Hohenems, 19 de agosto de 1533 - Roma, 15 de fevereiro de 1595) foi um cardeal austro-italiano, arcipreste da Basílica de São João de Latrão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de Wolf Ludwig von Ems e Chiara de' Medici, irmã do Papa Pio IV, portanto, primo dos cardeais Gianantonio Serbelloni, Frederico Borromeu e Carlos Borromeu. Participou na Guerra da Toscana, sob o comando de Giangiacopo de' Médici. Também lutou contra os turcos[1] . Seu nome, quando mudou-se para a Itália, foi traduzido como Marco Sittico Altemps. Tornou-se Cavaleiro da Ordem de Santiago. Depois, passou a ser clérigo da Câmara Apostólica, a partir de 23 de março de 1560. Teve um filho natural, Roberto, quem mais tarde seria legitimado como seu. É sua a obra de construção do Palácio Altemps.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Eleito arcebispo de Cassano all’Jonio em 29 de maio de 1560, sendo nomeado administrador apostólico pois não tinha a idade canônica. Demitiu-se do governo da Sé em 11 de maio de 1561.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Foi criado cardeal no consistório de 26 de fevereiro de 1561 pelo Papa Pio IV, recebendo o barrete cardinalício e o título de Cardeal-diácono pro illa vice de Santos XII Apóstolos em 10 de março. Neste mesmo ano, passou a ser bispo de Konstanz, sendo seu nome confirmado em 24 de outubro. Torna-se legado perpetuo em Avinhão. Foi legado para o Concílio de Trento, em 10 de novembro de 1561. Torna-se governador de Fermo, em 27 de dezembro de 1561. Em 30 de julho de 1563, passa a ser cardeal-presbítero. É nomeado governador de Nórcia e Montagna, em 3 de outubro de 1564 e em 3 de novembro, de Ascoli.

Em 1565, é nomeado arcipreste da Basílica de São João de Latrão. No mesmo ano, passa ao título pro hac vice de São Jorge em Velabro em 15 de maio. Participa do Conclave de 1565-1566, que elegeu o Papa Pio V. Torna-se governador de Ancona e Cereti em 18 de agosto. No mesmo ano, torna-se governdador de Capranica, cargo que irá exercer até 1588. Participa do Conclave de 1572, que elegeu o Papa Gregório XIII. Em 3 de outubro de 1577, assume o título de Santa Maria dos Anjos.

Passa ao título de S. Pietro in Vincoli, em 3 de outubro de 1578. Em 17 de agosto de 1579, opta pelo título de São Clemente. Em 5 de dezembro de 1580, passa ao título de Santa Maria em Trastevere.

Participou do Conclave de 1585, que elegeu o Papa Sisto V. Como não foi possível continuar como legado em Avinhão por causa da saúde frágil, renuncia em 4 de junho de 1590. Participou do primeiro conclave de 1590, que elegeu o Papa Urbano VII e do segundo conclave de 1590, que elegeu o Papa Gregório XIV. Participou do conclave de 1591, que elegeu o Papa Inocêncio IX e do conclave de 1592, que elegeu o Papa Clemente VIII.

Morreu em 15 de fevereiro de 1595, em Roma. Está sepultado na capela que ele havia fundado, na igreja de Santa Maria in Trastevere, em Roma.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mark Sittich von Hohenems

Referências

  1. Segundo Cardella, Memorie storiche de' cardinali della Santa Romana Chiesa. Roma: Stamperia Pagliarini, 1793, V, 41, apesar dos pedidos de seu tio, o papa Pio IV, para ele entrar na vida eclesiástica, continuou sua carreira militar até que um dia, quando estava nas proximidades de Roma, sua carroça capotou e o acidente quase lhe tirou a vida, mas, felizmente, perdeu apenas sua espada, que foi encontrada quebrado sobre uma rocha. Apavorado com os riscos constantes, ele decidiu abandonar o exército e seguir o pedido do seu tio.
Precedido por
Durante Duranti
Cardeal
Cardeal-padre de Santos XII Apóstolos

15611565
pro illa vice entre 1561 e 1563
Sucedido por
Marcantonio Colonna
Precedido por
Ranuccio Farnese, O.E.S.S.H.
COA basilica template.svg
Arcipreste da Basílica de São João de Latrão

15651595
Sucedido por
Ascanio Colonna
Precedido por
Giovanni Antonio Serbelloni
Cardeal
Cardeal-padre pro hac vice de São Jorge em Velabro

15651577
Sucedido por
Giovanni Vincenzo Gonzaga
Precedido por
Giovanni Francesco Commendone
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Maria dos Anjos

15771578
Sucedido por
Simeone Tagliavia d’Aragonia
Precedido por
Stanisław Hozjusz
Cardeal
Cardeal-padre de S. Pietro in Vincoli

15781579
Sucedido por
Alfonso Gesualdo
Precedido por
Gianfrancesco Gambara
Cardeal
Cardeal-padre de São Clemente

15791580
Sucedido por
Alfonso Gesualdo
Precedido por
Gianfrancesco Gambara
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Maria em Trastevere

15801595
Sucedido por
Giulio Antonio Santorio