Marketing institucional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Até os anos 80 a utilização do marketing institucional estava restrita à forma de promover corporativamente uma empresa e sua marca, sem o objetivo de venda, ou lançamento de produtos e serviços.[1]

Conceito[editar | editar código-fonte]

O Marketing Institucional não pode ser considerado como uma técnica adicional de vendas ou como forma de economizar anúncios na mídia. Seu objetivo é trabalhar a identidade, a formação e a consolidação da imagem de uma organização (ou projeto). Para isso, presta-se às atividades de “polimento de imagem”, na busca de sólida reputação e reconhecimento público para a empresa. Utilizado para formar, manter, consolidar ou mudar o conceito público de uma organização, é o sentido mais usual em que se emprega a expressão marketing institucional, voltado para a obtenção, preservação e melhoria de imagem da empresa no mercado.

Como ferramenta do marketing, a propaganda institucional no passado era definida como uma comunicação que se restringia em apresentar a marca e as qualidades de uma organização, sem mostrar os produtos e serviços ofertados ao mercado. Atualmente a propaganda institucional é definida como uma comunicação com ênfase na preocupação ambiental ou social, e, em alguns casos, cultural .

Referências

  1. Marketing Institucional e Social Info Escola. Visitado em 18 de novembro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre Propaganda, Publicidade ou Marketing é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.