Markus Zusak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Markus Zusak
Nascimento 23 de junho de 1975 (38 anos)
Sydney, Austrália
Nacionalidade Austrália australiano
Ocupação Escritor
Gênero literário Ficção
Magnum opus The Book Thief

Markus Frank Zusak (Sydney, 23 de junho de 1975) é um escritor australiano, famoso pelo seu best-seller internacional "A Menina que Roubava Livros".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Zusak nasceu em Sydney, Australia. Sua mãe, Lisa, é Alemã, e seu pai, Helmut, é Austríaco. Eles se mudaram para a Australia no final de 1950. Markus [1] é o mais novo de 4 irmãos, duas meninas e um menino.
Zusak é o autor de cinco livros. The Underdog (não publicado em português), seu primeiro livro, levou sete anos para ser publicado. O mensageiro[2] , publicado em 2002, venceu o prêmio de livro do ano no CBC (premio australiano de livros). Em 2005, A menina que roubava livros foi lançado e, atualmente, já foi traduzido em mais de 40 idiomas. Também recebeu prêmios na Austrália e pelo mundo. A menina que roubava livros se manteve em primeiro lugar de vendas no site da Amazon.com[3] , na lista dos mais vendidos do The New York Times, e também em países como o Brasil, Irlanda e Taiwan. Ficou entre os 5 mais vendidos no Reino Unido (UK), Israel, Espanha e Coreia do Sul. Outros países ainda esperam por seu lançamento. O Livro está sendo adaptado para o cinema, com estréia prevista para 2014[4] .

Aos 30 anos, Zusak já se firmou como um dos mais inovadores e poéticos romancistas dos dias de hoje. Com a publicação de "A Menina que Roubava Livros", ele foi batizado como um "fenômeno literário" por críticos australianos e norte-americanos. Zusak é o autor vencedor do prêmio de quatro livros para jovens: "The Underdog (não traduzido para o portugues)", "Bom de Briga", "A Garota que eu quero", e "Eu Sou o Mensageiro", receptor de um Printz Honor em 2006 por excelência em literatura jovem. Markus Zusak vive em Sydney com sua esposa e sua filha. Gosta de surfar e assistir filmes em seu tempo livre.[5] .-.

A menina que roubava livros[editar | editar código-fonte]

Markus cresceu ouvindo histórias a respeito da Alemanha Nazista, sobre o bombardeio de Munique e sobre judeus marchando pela pequena cidade alemã de sua mãe. Ele sempre soube que essa era uma história que ele queria contar.

"Nós temos essas imagens das marchas em fila de garotos e dos 'Heil Hitlers' e essa ideia de que todos na Alemanha estavam nisso juntos. Mas ainda havia crianças rebeldes e pessoas que não seguiam as regras e pessoas que esconderam judeus e outras pessoas em suas casas. Então eis outro lado da Alemanha Nazista", disse Zusak numa entrevista com o The Sydney Morning Herald.[6]

O livro foi muito bem recebido pela crítica, se tornou um bestseller e foi adaptado ao cinema com lançamento no final de 2013 nos EUA, e inicio de 2014 no Brasil.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.