Marlene França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Marlene França
Nascimento 5 de agosto de 1943
Uauá, BA
Morte 2011 (68 anos)
IMDb: (inglês)


Marlene França (Uauá, 5 de agosto de 194323 de setembro de 2011[1] ) foi uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos 13 anos, vendia doces na feira, quando foi convidada por Alex Viany para trabalhar no filme teuto-brasileiro Rosa dos Ventos.

Outros convites vieram. Em 1959, Walter Hugo Khoury a leva a fazer Fronteiras do Inferno, e no ano seguinte se consagra ao lado de Mazzaropi em Jeca Tatu, de Milton Amaral, com quem estava casada [2] .

Depois de um ciclo de filmes rurais na década de 60, Marlene, por sua beleza plástica e seu tipo exótico, foi convidada a fazer vários filmes do gênero pornochanchada, principalmente na década de 1970, o que não a impediu, porém, de atuar em outras produções.

Seu diretor mais frequente nas comédias eróticas foi Fauzi Mansur. A Noite do Desejo (1973) lhe rendeu o prêmio Governador do Estado de melhor atriz.

Em 1976, Crueldade Mortal (Luiz Paulino dos Santos) a levaria ao Festival de Gramado, onde seria novamente premiada.

Sua filmografia abrange importantes cineastas brasileiros, como Ozualdo Candeias, Carlos Coimbra, Luís Sérgio Person, Rubem Biáfora, Jorge Ileli, Ody Fraga e Roberto Santos e outros, além dos já citados.

Marlene também se dedicou à direção, e seu currículo inclui três curta-metragens: Frei Tito (1983), Mulheres da Terra (1985) e Meninos de Rua (1988).

Trabalhos no cinema[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

- Vencedor
1977: Melhor atriz coadjuvante por Crueldade Mortal
- Vencedor
1984, por Frei Tito
1987, por Mulheres da Terra
1988, por Meninos de Rua

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.